Champions League

Messi: “Não é sempre o melhor time que vence a Champions e você precisa focar em todos os detalhes”

Em entrevista à Ligue 1, Messi falou sobre o fortalecimento do PSG e as chances de levar a Champions

O Paris Saint-Germain termina a semana em alta. A vitória sobre o Real Madrid no primeiro jogo das oitavas de final da Champions League pode não ser uma garantia de classificação, mas mostrou uma equipe melhor preparada e com mais coesão para sonhar com o título. Kylian Mbappé saiu como protagonista da noite, enquanto Lionel Messi desperdiçou um pênalti e lidou com as críticas. Ainda assim, o argentino é um nome naturalmente citado quando se pensa nas chances dos parisienses. E ele enfatiza exatamente a maneira como o PSG está em evolução.

“É complicado vencer a Champions. É difícil porque é uma competição que reúne os melhores times e o menor detalhe, o menor erro, pode te eliminar. Acho que temos um time que pode tentar vencer o título. Estamos empolgados e esperamos conseguir, mas precisamos de calma. Eu repito, é difícil ganhar a Champions. Não é sempre o melhor time que vence e você realmente precisa focar em todos os detalhes, pensando em ser a equipe mais forte possível. No fim das contas, é o time mais forte que conquista seus objetivos. E estamos no rumo certo, tentando nos tornar ainda mais fortes do que já somos”, afirmou Messi, em entrevista à Ligue 1.

Uma questão primordial para o PSG está em seu equilíbrio em campo. Inegavelmente os parisienses contam com ótimas opções no ataque, mas nem sempre isso garantiu segurança total. Messi também salientou como o fortalecimento da equipe passa por azeitar essas engrenagens.

“Vamos dizer que grandes equipes precisam ter um bom desempenho em todos os setores do campo, em todas as linhas, tanto na defesa quanto no ataque. Acho que depende da capacidade de uma equipe jogar coletivamente. Atacantes não podem apenas atacar e defensores não podem apenas defender. Você precisa formar uma equipe forte e unida tanto na defesa quanto no ataque. É este o princípio que nos permitirá ser uma equipe totalmente competitiva. Um time que tentará ganhar a Champions League, bem como outros títulos que esperamos levar”, afirmou.

Por fim, numa entrevista concedida aos canais oficiais da Ligue 1, Messi exaltou o nível de desafio que encontrou no torneio. As declarações sobre competitividade e equilíbrio soam como politicagem, mas não dá para negar que há uma boa quantidade de equipes interessantes na liga – embora nenhuma com poderio suficiente para incomodar o PSG ano após ano.

“A Ligue 1 melhorou muito nos últimos anos. O PSG contribuiu muito para isso. O clube aumentou significativamente a visibilidade da Ligue 1 no mundo. Hoje, é uma liga muito competitiva, na qual qualquer time é capaz de te vencer e causar problemas. Vejo o Campeonato Francês como uma competição cada vez mais equilibrada, como o futebol em geral. Hoje, nesse esporte, se tornou cada vez mais difícil ganhar todos os jogos”, pontuou Messi.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo