Champions League

Mais um recorde para Cristiano Ronaldo na Champions, igualando marca de Van Nistelrooy

Cristiano Ronaldo, definitivamente, ama a Liga dos Campeões. Nesta terça, mais uma vez, o craque teve papel decisivo na classificação do Real Madrid. Participou bastante no momento ofensivo e abriu o caminho para a vitória por 2 a 1 sobre o Paris Saint-Germain. Criou lances de perigo, serviu os companheiros e, quando Marco Asensio fez jogadaça pelo lado esquerdo, estava no lugar exato para balançar as redes. O tento no Parc des Princes, aliás, vale além do triunfo. Ele rende mais um recorde ao craque. Desta vez, CR7 se iguala a Ruud van Nistelrooy como o jogador com mais partidas consecutivas anotando gols pela competição. Já são nove, e contando. Pronto para arrebatar a marca isolada nas quartas de final.

A fome de gols de Cristiano Ronaldo na Champions segue impressionando. São 22 tentos nas últimas 13 aparições pelo torneio continental. Desde as quartas de final da última edição, Cristiano Ronaldo só não balançou as redes em uma partida: na volta contra o Atlético de Madrid pelas semifinais, depois de ter destruído os rivais com uma tripleta na ida. Desde a final da Juventus, completam-se as nove partidas em sequência. Não passou em branco uma vez sequer na fase de grupos. E puniu o Paris Saint-Germain em ambos os jogos, acumulando três dos cinco gols merengues no confronto. Não é nem preciso dizer que o português ocupa a artilharia da Liga dos Campeões 2017/18, com 12 tentos – cinco a mais que os perseguidores mais próximos, Harry Kane, Roberto Firmino e Edinson Cavani.

O recorde de Van Nistelrooy aconteceu em 2002/03, sua terceira temporada pelo Manchester United. Disputou nove partidas naquela Liga dos Campeões, se ausentando em quatro, e sempre que apareceu em campo deixou sua marca. Foram 12 gols no total, que renderam a artilharia da competição ao holandês. Fez quatro na primeira fase de grupos e, em tempos nos quais existia uma segunda etapa com quadrangulares, somou mais seis na segunda chave. Por fim, nas quartas de final, assinalou tanto na ida quanto na volta contra o Real Madrid. Mas amargou a eliminação, em duelo lembrado principalmente pela atuação inesquecível de Ronaldo Fenômeno em Old Trafford, a melhor de sua carreira pela Champions.

A Cristiano Ronaldo, existe uma ligeira vantagem sobre o antigo companheiro de United em sua atual série. O camisa 7 somou 14 gols nestes nove jogos, dois a mais que o holandês. Agora, poderá superá-lo, a depender do sorteio reservado ao Real Madrid para as quartas de final. O certo é que, independentemente de quem vier pela frente, a preocupação maior será brecar CR7, com o poder de fogo que prepondera na Champions.

PS: A motivação desta nota é também exaltar a foto fantástica de Cristiano Ronaldo acima, capturada durante o segundo tempo da partida, quando a fumaça dos sinalizadores tomava o gramado. Créditos a Manuel Queimadelos Alonso, da Getty Images.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo