Champions League

Tímido, Leipzig desafia o todo poderoso Real Madrid, o senhor da Champions League

Em sua sexta participação no torneio, o RB Leipzig enfrenta o maior campeão Real Madrid nas oitavas de final da Champions League

Adversários na fase de grupos da Champions League 2022/23, RB Leipzig e Real Madrid se enfrentarão novamente nas oitavas de final da atual edição do torneio. De um lado, a equipe alemã faz apenas sua sexta participação na competição e tenta ir às quartas de final pela segunda vez. Do outro, o maior campeão europeu com 14 títulos quer chegar ao menos até as semifinais, fase que atingiu nas últimas três temporadas.

O confronto reúne camisas de diferentes pesos, equipes com objetivos distintos e tem um claro favorito, até pela tradição, experiência e qualidade técnica do Real Madrid. Mesmo assim, a promessa não é de embates desequilibrados, até porque o Leipzig tem um talentoso e jovem plantel que deu trabalho para gigantes nos últimos tempos.

Destaques e números do RB Leipzig

Como apontavam todos os prognósticos, o RB Leipzig se classificou para as oitavas de final como o segundo colocado do Grupo G, conquistando 12 pontos em seis rodadas. A equipe comandada por Marco Rose venceu os compromissos com Young Boys e Estrela Vermelha e foi derrotada nas duas partidas contra o Manchester City. Porém, se engana quem acha que o atual campeão europeu triunfou com tranquilidade. No primeiro jogo, o placar era de 1 a 1 até os 39 minutos do segundo tempo, quando Julián Álvarez colocou os ingleses na frente. Já no segundo, os alemães abriram 2 a 0 na primeira etapa, mas viram Phil Foden fazer uma grande atuação e sofreram a virada depois do intervalo.

Na Bundesliga, o Leipzig é o atual terceiro colocado com 32 pontos, sete a menos que o Bayer Leverkusen. Por mais que disputar o título esteja fora de cogitação no momento, o time comandado por Marco Rose deu trabalho para o líder na primeira rodada, quando perdeu por 3 a 2, e conquistou a Supercopa Alemã em agosto ao superar o Bayern de Munique por 3 a 0. Quando enfrentou Borussia Dortmund e Stuttgart, que ocupam o quinto e quarto lugar respectivamente, triunfou por 3 a 2 e goleou por 5 a 1.

É difícil apontar apenas um destaque dos Roten Bullen. O artilheiro e jogador com mais participações diretas é Loïs Openda, atacante de 23 que já tem 14 gols e quatro assistências em 24 jogos na temporada. Já o garçom é o garoto Xavi Simons, de 20 anos, com nove passes para gol. O meia-atacante talvez seja a peça ofensiva mais importante do RB Leipzig hoje e ainda anotou seis tentos desde que chegou por empréstimo do Paris Saint-Germain, em julho.

Destaques e números do Real Madrid

O Real Madrid dispensa apresentações. Sob o comando de Carlo Ancelotti, o time espanhol teve 100{62c8655f4c639e3fda489f5d8fe68d7c075824c49f0ccb35bdb79e0b9bb418db} de aproveitamento na fase de grupos da Champions League e liderou com folgas o Grupo C, que também contava com Napoli, Braga e Union Berlim. Vencedor do torneio em 14 ocasiões, chegou pelo menos até as semifinais nas últimas três edições e levantou a “Orelhuda” pela última vez em 2022.

Em La Liga, por outro lado, não tem conseguido ser dominante assim. Com 42 pontos conquistados após 17 rodadas, os merengues torcem por um tropeço do Girona diante do Alavés nesta segunda-feira (18), na Catalunha, para reassumirem o primeiro lugar. Somando todas as competições, foram 19 vitórias, tr6es empates e somente uma derrota até aqui na temporada 2023/24.

O destaque do Real Madrid não poderia ser outro: Jude Bellingham não precisou se adaptar ao futebol espanhol e já soma 17 gols e cinco assistências em 20 aparições, mas é importante lembrar que está sempre bem-acompanhado de Rodrygo, Luka Modrić, Toni Kroos, Federico Valverde e outros craques do futebol mundial. Um deles é Vinícius Júnior, que deverá estar recuperado de uma lesão na coxa a tempo de enfrentar o RB Leipzig.

Foto de Felipe Novis

Felipe NovisRedator

Felipe Novis nasceu em São Paulo (SP) e cursa jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. Antes de escrever para a Trivela, passou pela Gazeta Esportiva.
Botão Voltar ao topo