Champions League

Jogador por jogador, como o Atlético de Madrid montou o elenco finalista da Champions

Por Bruno Bonsanti

O Atlético de Madrid conseguiu manter uma espinha dorsal da equipe vice-campeã europeia, mas teve mudanças cruciais. Saíram Arda Turan, Diego Costa e Miranda – Filipe Luís bateu e voltou no Chelsea. Preenche as lacunas com um perfil de contratações que privilegia os jovens. A maioria do elenco tem entre 20 e 25 anos, idade que precede o auge dos jogadores profissionais.

LEIA MAIS: Jogador por jogador, como o Real Madrid montou o elenco finalista da Champions

As crias das categorias de base do elenco nessa faixa etária são mais reservas que titulares, com exceção de Saúl, a grande revelação da temporada, e Koke, já um jogador estabelecido. Fernando Torres e Gabi também foram formados pelo clube, mas passearam por outros times e já estão na casa dos 30 anos.

Com o dinheiro que recebe pela venda de suas estrelas, Simeone fez alguns altos investimentos. O mais badalado foi para contratar Antoine Griezmann, mas Yannick Carrasco e Luciano Vietto também custaram bastante dinheiro, embora ainda não tenham posições incontestáveis no time titular.

Jogador por jogador, veja com quem Simeone pode contar para a decisão de Milão contra o Atlético de Madrid:

[galeria_embeded]

TRIVELA FC: Venha fazer parte do nosso clube de relacionamento e marque um gol pelo jornalismo independente!

Mais Champions:

O sucesso de Real e Atlético na Champions se escreve a quatro luvas: Navas x Oblak

Uma obsessão, dois significados: o que o título da Champions representa para o Atlético e Real Madrid

Real Madrid: ‘a por la Undécima’ contra o rival madrilenho e a maldição de jogar em San Siro

As seis vezes que a final da Champions League foi uma revanche

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo