Champions League

Haaland anotou mais dois na vitória fácil do Dortmund, mas Sancho também merece aplausos por seu golaço de falta

O Borussia Dortmund não deve ter muitos problemas para se garantir nas oitavas de final da Champions League. Apesar da derrota na visita à Lazio durante a estreia, os aurinegros somaram três vitórias depois disso. Nesta terça-feira, a equipe sobrou contra o Club Brugge, no tranquilo triunfo por 3 a 0 dentro do Signal Iduna Park. Erling Braut Haaland roubará as manchetes mais uma vez, com dois gols. Chega a 16 em 12 partidas de Champions, além de 17 em 13 aparições pelo clube na atual temporada. Ainda assim, Jadon Sancho merece os elogios por apresentar sua categoria cobrando faltas, com um golaço que não anda muito comum de ser ver.

O primeiro tempo guardou o domínio do Borussia Dortmund, que pressionava sem a bola e com isso encontrava os espaços para logo atacar. Depois de criarem as primeiras chances, os aurinegros abriram o placar aos 18 minutos. Sancho ganhou a segunda bola no meio e conectou rápido com Haaland. O centroavante aproveitou o espaço dado pela marcação e acelerou, finalizando com muita precisão. A bola passou no pequeno espaço entre Simon Mignolet e a trave, beijando o poste antes de entrar.

O Club Brugge não respondia com muita contundência, mesmo com espaços para contra-atacar, e via o Borussia Dortmund com o controle da situação. Assim, bastava aos aurinegros acelerarem um pouco o ritmo para aumentarem a diferença. Foi o que aconteceu pouco antes do intervalo, com os alemães insistindo mais. Mignolet faria boa defesa diante de Manuel Akanji. O gol saiu aos 45, com toda a categoria de Sancho. O meia cobrou uma falta frontal. A bola passou por cima da cabeça do primeiro homem da barreira (que não pulou), numa curva acentuada para dentro. O tiro foi se afastando do alcance de Mignolet e morreu perfeita no ângulo.

Na volta ao segundo tempo, o quarteto ofensivo do Dortmund continuava dando trabalho à marcação do Club Brugge e acelerando bastante. O terceiro gol não demorou, num lance de sorte a Haaland. Ruud Vormer tentou cortar o passe e entregou a bola ao centroavante, que estava até impedido, mas se aproveitou da ótima posição com o recuo errado. Sozinho diante de Mignolet, o norueguês não perdoou. Lucien Favre até trocou suas peças, dando um descanso inclusive a Haaland. Era um monólogo do BVB, que nem precisou forçar muito mais, seguindo com os principais avanços.

O resultado deixa o Dortmund com a classificação encaminhada, somando nove pontos no Grupo F da Champions. Segue à frente da Lazio, que derrotou o Zenit e tem oito. Já o Club Brugge precisará tirar o prejuízo contra os biancocelesti se ainda quiser a vaga nas oitavas. Os belgas estão com quatro pontos a menos. Na próxima rodada, o Brugge poderá se recuperar em casa contra o Zenit, enquanto o Dortmund buscará o troco contra a Lazio na Alemanha, em duelo que também poderá confirmar a primeira colocação.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo