Champions League

Goleira pega dois pênaltis e, com uma a menos, Chelsea abre vantagem contra o Atlético de Madrid

O jogo mais apetitoso das oitavas de final da Champions League feminina não decepcionou em termos dramáticos. O Chelsea contou com dois pênaltis defendidos por sua goleira Ann Katrin Berger e, com uma jogadora a menos desde os 13 minutos do primeiro tempo, conseguiu vencer o Atlético de Madrid, por 2 a 0, em Kingsmeadow, no jogo de ida da eliminatória.

Nas outras partidas do dia, o Barcelona goleou o Fortuna Hjorring, da Dinamarca, por 4 a 0, o Manchester City derrotou a Fiorentina, por 3 a 0, e o Wolfsburg venceu o norueguês Lillestrom, por 2 a 0. O Rosengard, da Suécia, empatou em casa com o St. Pölten, da Áustria, por 2 a 2. Nesta quinta-feira, a primeira rodada das oitavas de final será completada por Kazygurt-KAZ x Bayern de Munique, Lyon x Brondby e PSG x Sparta Praga.

O Chelsea tem um dos melhores times femininos da Inglaterra e chegou duas vezes às semifinais da Champions League. Conta com grandes jogadoras como a australiana Sam Kerr e a inglesa Fran Kirby e ganhou três vezes a Superliga Feminina, recordista empatado com o Arsenal. Lidera a atual edição com dois pontos a mais do que o Manchester City.

O Atlético de Madrid ficou um pouco para trás nesta Superliga Espanhola, mas tem sido um dos melhores times do país, tricampeão nacional entre 2016 e 2019 e vice do Barcelona na última temporada, encerrada precocemente por causa da pandemia – mas estava nove pontos atrás.

A partida, porém, começou muito mal para o Chelsea. Aos 13 minutos, Sophie Ingle levou o cartão vermelho por derrubar Rasheedat Ajibade dentro da área. O pênalti foi defendido por Berger, goleira alemã de 30 anos que defendeu o Paris Saint-Germain e chegou ao Chelsea em 2019 do Birmingham, mas as inglesas tinham muito tempo pela frente com uma jogadora a menos.

Mas a inferioridade numérica não as impediu de impor sua melhor qualidade técnica. No começo do segundo tempo, Maren Mjelde cobrou um pênalti perfeito, sofrido por Kerr, para colocar o Chelsea à frente. A australiana depois serviu o chute de primeira da entrada da área de Kirby, que havia acertado a trave, para o segundo gol das donas da casa.

O Atlético de Madrid ainda teve a chance de diminuir, quando a brasileira Ludmilla foi derrubada por Berger na grande área. Mas a goleira alemã se redimiu com mais uma defesa, agora na batida de Merel van Dongen, e as espanholas terão muito trabalho no jogo de volta. Ainda mais porque será em campo neutro, em Monza, na Itália, por causa das restrições de viagem para a Espanha.

Barça goleia, City abre boa vantagem

Atual campeão espanhol, o Barcelona deu poucas chances para o Fortuna Hjorring, da Dinamarca. Dois cruzamentos de Caroline Hansen geraram dois gols de cabeça de Jennifer Hermoso nos primeiros 18 minutos da partida no estádio Johan Cruyff. Hermoso completou outra grande jogada de Hansen para completar a sua tripleta, e Andrea Falcón fechou a goleada em jogada de bola parada.

Na Inglaterra, Chloe Kelly fez uma maravilhosa jogada pela direita e cruzou para o gol de cabeça de Lauren Hemp, aos dois minutos da partida contra a Fiorentina. Aos quatro, foi Hemp quem brincou de ponta, pelo outro lado, e Ellen White apareceu na primeira trave para desviar: 2 a 0. No finalzinho, Samantha Mewis completou a segunda assistência de Kelly para deixar o City ainda mais confortável para o jogo de volta.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.