O Chelsea tinha garantido antecipadamente a primeira colocação do Grupo E da Champions League. Nesta terça, o time de Frank Lampard perdeu a sequência de vitórias, mas encerrou a fase de grupos invicto, com o empate por 1 a 1 contra o Krasnodar em Stamford Bridge. Sem que os russos brigassem pela classificação, os Blues pouparam alguns jogadores de destaque e não precisaram se desgastar tanto dentro de campo, ainda que tenham dominado as oportunidades ao longo da noite.

O Krasnodar começou a partida disposto a causar uma surpresa. Os russos criaram boas ocasiões durante os primeiros minutos, levando muito perigo à meta de Kepa Arrizabalaga. E o gol não demoraria muito, saindo aos 24. Viktor Claesson passou a Rémy Cabella dentro da área. O francês teve espaço para dominar e bater no canto. Pelo menos o Chelsea respondeu de imediato. Aos 28, Tammy Abraham foi derrubado na área. Pênalti que Jorginho converteu, com sua precisão costumeira na marca da cal.

O Chelsea cresceu na sequência do primeiro tempo e poderia ter virado, mas Abraham mandou para fora no melhor lance. Já no segundo tempo, o destaque ficaria com os goleiros. Kepa realizou uma boa intervenção num chute cruzado de Wanderson. De qualquer maneira, o grande responsável pelo empate foi Evgeni Gorodov. O goleiro russo realizou uma defesa incrível com o pé, num chute rasteiro de Abraham, e também salvaria uma bola nos pés de Kai Havertz. Ainda que os Blues parecessem mais dispostos à vitória, acabaram diminuindo o ritmo no fim e se contentando com a igualdade.

Na outra partida do Grupo E, o Sevilla visitou o eliminado Rennes, sem chances de sequer ir à Liga Europa. E mesmo que os andaluzes tivessem confirmado anteriormente a classificação, garantidos na segunda colocação e sem possibilidades de ultrapassar o Chelsea, somaram mais uma vitória com o placar de 3 a 1.

O Rennes até criou boas chances para sair em vantagem no Roazhon Park, mas o sevillistas abriram a contagem no final do primeiro tempo. Jules Koundé fez o primeiro com um lindo sem-pulo, aos 32, e nos acréscimos viria o segundo, depois que Youssef En-Nesyri fuzilou de cabeça. En-Nesyri também seria o responsável pelo terceiro, aos 36 do segundo tempo, definindo um contra-ataque. E por mais que o Rennes tenha insistido, só faria seu gol de honra nos acréscimos, com Georginio Rutter convertendo pênalti.

O Chelsea encerrou sua participação no Grupo E com 14 pontos, na primeira colocação. O Sevilla apareceu logo abaixo, com 13 pontos. O Krasnodar seguirá em frente na Liga Europa, em terceiro, com cinco pontos. Já o Rennes encerrou sua participação na lanterna, com somente um ponto.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore