Champions League

Copenhague massacrou Club Brugge com direito a este golaço de Delaney

Em um grupo sem um dos grandes favoritos ao título, o Copenhague conseguiu uma grande vitória sobre o Club Brugge. E não só por ter sapecado um 4 a 0 sobre os belgas em casa. O resultado coloca o time como segundo no grupo, atrás apenas do Leicester, que venceu os dois jogos. Na estreia, o time já tinha arrancando um empate importante com o Porto em Portugal. Com quatro pontos, o time se coloca como candidato à classificação.

LEIA TAMBÉM: Bom negócio do Monaco, Glik já se valoriza com chutaço salvador no último minuto

A partida desta terça-feira teve um protagonista conhecido na América do Sul: Federico Santander, ex-Guarany, do Paraguai – aquele mesmo que eliminou o Corinthians na Libertadores de 2015. Ele marcou um dos gols e foi o principal jogador da partida. Mas não foi dele o golaço do jogo. Esta honra coube a Thomas Delaney, meio-campista do time, que acertou uma bomba de fora da área, no ângulo, que deixou o goleiro Ludovgic Butelle sem reação. Foi o segundo gol do jogo.

O primeiro foi um gol contra de Stefano Denswill, que colocou para dentro um cruzamento para a área. Foi aos oito minutos do segundo tempo. Foi o que o Copenhague precisava para abrir as porteiras da defesa belga. Aos 19, Delaney acertou o chutaço que colocou 2 a 0 no placar. Cinco minutos depois, aos 24, Ludwig Augustinsson cobrou escanteio que Santander cabeceou para as redes. Aos 46 minutos, já nos acréscimos, outro escanteio de Augustinsson acabou em gol de Zanka.

O placar de 4 a 0 é só uma das demonstrações do domínio dinamarquês na partida. O meio-campista Willian Kvist, da seleção dinamarquesa, foi um jogador-chave para que o Copenhague mantivesse a pose de bola durante a partida (61,8% a 38,2%). Foi ele quem ditou o ritmo e mais fez passes durante o jogo, 93.

Os dinamarqueses também chutaram muito mais a gol, 17 a 6, sendo que 11 destes chutes foram no alvo. Andreas Cornelius não fez gol, mas foi quem mais tentou: chutou quatro vezes a gol. Santander, seu companheiro de ataque, chutou três e todas elas acertaram o alvo. Em uma, fez o gol.

Para quem tinha tudo para ser patinho feio do grupo, o Copenhague vai mostrando que pode ir além de uma vaga na Liga Europa e briga pela classificação. Se o time empatou contra o Porto e venceu por goleada o Club Brugge, não custa sonhar. Seus próximos dois confrontos, que serão contra o Leicester, serão fundamentais. Será necessário, conseguir algum ponto. Se não perder os dois jogos, já pode conseguir alguma coisa.

A próxima rodada será no dia 18 de outubro, quando o Copenhague vai até Leicester e o Club Brugge joga com o Porto em casa.

Chamada Trivela FC 640X63

[embedcode get="script" playlist_id="match"]
Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo