Champions League

Atlético terá que fechar setor de seu estádio contra o City por “comportamento discriminatório” de torcedores

As ofensas foram cometidas por torcedores visitantes no jogo de volta das oitavas de final contra o Manchester United em Old Trafford

A Uefa ordenou que o estádio Wanda Metropolitano, palco do jogo de volta das quartas de final entre Atlético de Madrid e Manchester City nesta quarta-feira, seja parcialmente fechado após acusações de racismo contra torcedores espanhóis na partida contra o Manchester United, em Old Trafford, pelas oitavas de final.

A polícia da Grande Manchester confirmou que deteve um homem espanhol de 31 anos e o acusou de “ofensa da ordem pública racialmente agravada”, após receber imagens de torcedores do United que mostravam comportamento racista de parte da torcida visitante.

Segundo um desses torcedores, em entrevista ao Manchester Evening News, um torcedor do Atleti fez gestos de macacos em direção aos ingleses. Ele também relatou saudações nazistas. O Manchester United havia dito que estava ciente do que havia acontecido e que apoiaria a investigação da polícia.

A Uefa anunciou nesta segunda-feira a punição por “comportamento discriminatório”, ordenando que o Atlético de Madrid informe um setor “com pelo menos 5.000 assentos” que será fechado no jogo contra o City na próxima quarta-feira. O clube também terá que exibir um cartaz com a mensagem “NãoAoRacismo” e o logotipo da Uefa.

O Manchester United abriu uma investigação separada para identificar quem foram os responsáveis par atirar vários objetos na direção de Diego Simeone, no momento em que o técnico do Atlético de Madrid corria aos vestiários, depois da vitória por 1 a 0 fora de casa que classificou o seu time.

Nas quartas de final, o Atlético de Madrid perdeu o jogo de ida em Manchester por 1 a 0.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo