Champions League

Ancelotti promete Real Madrid “metódico”, e Guardiola diz que City terá que jogar melhor

O segundo jogo da semifinal da Champions League será nesta quarta-feira, às 16h (Brasília), com transmissão da HBO Max e da TNT

O Real Madrid fará um jogo metódico contra o Manchester City nesta quarta-feira no Santiago Bernabéu, após perder a ida no Etihad Stadium por 4 a 3. Foi um jogo meio maluco em que os donos da casa não conseguiram aproveitar a superioridade para abrir uma vantagem maior, e por isso Pep Guardiola quer que o seu time atue melhor na Espanha, embora tenha adotado uma abordagem muito filosófica sobre isso.

Guardiola terá João Cancelo de volta, mas ainda não sabe se Kyle Walker estará disponível. David Alaba será desfalque do campeão espanhol após sentir dores musculares na primeira partida e deve ser substituído por Nacho Fernández. Casemiro retorna ao meio-campo depois de cumprir suspensão.

“Provavelmente, temos que ser melhores, mas podemos jogar muito pior do que jogamos e vencer”, disse Guardiola. “Às vezes você consegue o que não merece, às vezes você não consegue o que merece. Temos que jogar incrivelmente bem e vencer o jogo. São dois bons times. Nós vimos isso uma semana atrás. Eles são os campeões da Espanha, estamos tentando ser campeões aqui (na Inglaterra)”.

Muito próximo ao Barcelona, Guardiola foi questionado se mandou umas mensagens para Xavi pedindo dicas sobre como vencer o Real Madrid, depois do 4 a 0 que o Barça aplicou no Bernabéu nesta temporada. “Temos uma relação, mas eles têm jogadores que eu não tenho e eu tenho jogadores que ele não tem”, disse.

Guardiola também deu os parabéns para Ancelotti, que se tornou o primeiro treinador a conquistar as cinco principais ligas nacionais da Europa. “Eu o admiro. Ele esteve no mundo inteiro, em grandes países do futebol e times fantásticos. É sempre muito difícil, o futebol é muito bom. Parte disso é que ele é uma pessoa excepcional. Eu o conheci alguns anos atrás e todas as vezes ele foi calmo, controla suas emoções perfeitamente”, afirmou.

Ancelotti disse que o Real Madrid acertou a abordagem para o primeiro jogo, mas que ela precisa ter mais “qualidade” e que o seu time fará um jogo metódico. “Não vamos recuar nossa linha de defesa, mas haverá momentos em que temos que jogar mais perto da nossa área. Isso que eu quero dizer com metódico. Eles têm uma vantagem e estão cientes. Temos que fazer nosso melhor. Será um jogo difícil, mas temos uma incrível oportunidade de jogar mais uma final de Champions League e estamos prontos para vencer a liga, então o clima será bom. É algo que podemos fazer”, avaliou.

O italiano elogiou muito o apoio das arquibancadas do Bernabéu nas vitórias anteriores contra Paris Saint-Germain e Chelsea, mas afirmou que seu time precisará de mais do que “puro coração e apenas motivação” para chegar à final da Champions League.

“É um componente importante, mas não suficiente. Há qualidades individuais, você precisa de uma combinação de circunstâncias para vencer a Champions League. Se vencermos amanhã (quarta-feira), não será porque estamos motivados ou pelo clima mágico. Será pelo nosso compromisso coletivo e qualidades individuais dos nossos jogadores”, encerrou.

O segundo jogo da semifinal da Champions League será nesta quarta-feira, às 16h (Brasília), com transmissão da HBO Max e da TNT.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo