Europa

Celtic, eu voltei: Rangers vence clássico nos pênaltis e está na final da Copa da Escócia

Após quatro anos de lutas e sofrimentos, o Rangers conseguiu o acesso de volta à primeira divisão do Campeonato Escocês. Uma boa notícia para o país inteiro, até mesmo para o Celtic, que estimava uma perda de £ 10 milhões por temporada sem o maior rival. Para celebrar o reencontro entre os dois gigantes locais, a 401ª edição do clássico Old Firm reservou uma disputa por vaga na decisão da Copa da Escócia. Depois de 1 a 1 no tempo normal, e mais um gol para cada lado na prorrogação, o Rangers mandou o recado ao Celtic nos pênaltis: estou de volta.

LEIA MAIS: Como a Escócia viu o retorno do Rangers à Premier League

Não foi o primeiro encontro entre os times desde que o Rangers entrou em falência e teve que começar tudo de novo desde a quarta divisão. Houve um único clássico, em fevereiro do ano passado, pela Taça da Liga Escocesa, vencido pelo Celtic, por 2 a 0, muito pouco para saciar a sede de rivalidade entre as duas maiores torcidas da Escócia. O deste domingo foi mais especial, pelo caráter decisivo, e por ser um aperitivo dos duelos pelo Campeonato Escocês que podemos aguardar com ansiedade na próxima temporada.

Kenny Miller abriu o placar, aos 16 minutos, recebendo quase livre uma bola espirrada na área, em vacilo da defesa do Celtic. Pouco depois do intervalo, Erik Sviatchenko empatou de cabeça, após cobrança de escanteio. A partida foi para a prorrogação. Barry McKay voltou a colocar o Rangers à frente com um chutaço de fora da área, mas Tom Rogic empatou, completando uma bela jogada de Tierney pela esquerda.

As penalidades também foram interessantes. Houve sete para cada lado. Tavernier perdeu para o Rangers e McGregor para o Celtic, em sequência. Depois, Clark e Brown também desperdiçaram, um para cada lado. Já nas alternadas, com o placar em 4 a 4, Nicholas Law converteu para o Rangers, e Tom Rogic perdeu de uma maneira bizarra para o Celtic.

 

Houve de tudo no primeiro Old Firm depois da volta do Rangers para a primeira divisão do futebol escocês: golaço, empate prorrogação e disputa de pênaltis. Agora, o Rangers vai em busca do título da Copa da Escócia, que não vence desde 2009 e que pode se tornar mais uma afirmação da retomada da sua grandeza.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo