Europa

Cech enfrentará Sparta Praga com um dedo quebrado

O goleiro Petr Cech irá retornar à Praga para enfrentar o Sparta de uma forma no mínimo corajosa. O tcheco fraturou um dos dedos da mão na partida contra o Newcastle, duas semanas atrás, pela Premier League.

Se chocando com o zagueiro Gary Cahill, o arqueiro do Chelsea acertou um soco no companheiro e acabou quebrando um dos dedos da mão, ficando fora do duelo contra o Wigan, na semana seguinte. Cech, de 30 anos, foi formado no Sparta Praga, em 2001, antes de ser vendido ao Rennes e ganhar fama na Eurocopa de 2004.

“Está quebrado, e sim, dói. Sendo um goleiro, você tem de usar suas mãos, então não ajuda muito tentar evitar uma nova lesão. Protegi o local lesionado no treino. Estou nisso há muito tempo e até já tive de jogar com ombros, nariz e a cabeça quebrada, tudo isso. Um dedo não vai me parar, este será um jogo especial para mim”, confessa Cech.

Desde que deixou o Sparta, Petr nunca mais enfrentou alguma equipe tcheca em competições europeias, e nesta quinta-feira terá a oportunidade de jogar contra o clube que o revelou. Tudo isso com a árdua tarefa de defender a meta do Chelsea e com problemas físicos. História no mínimo interessante para acompanhar na Liga Europa.

Spartak e Chelsea entram em campo na Generali Arena, em Praga, às 16h.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo