Europa

Brito tomou um dos cartões mais bobos de todos: por limpar a chuteira, suja de spray, no meião do árbitro

Poderia ser uma esquete do Chaves, mas a cena aconteceu mesmo em um jogo profissional de futebol. O Skoda Xanthi recebia o líder AEK Atenas pelo Campeonato Grego quando, aos 40 minutos do primeiro tempo, uma falta na entrada da área oferecia ótima chance aos anfitriões. O cabo-verdiano Brito estava na bola quando o árbitro foi demarcar a posição com seu spray. E eis que o pastelão aconteceu: ele sujou a chuteira esquerda do camisa 77, que, na brincadeira, limpou o bico no meião do juiz. Brito estava claramente de gozação e abriu o sorriso, mas o árbitro não entendeu assim. Com uma cara de poucos amigos, mostrou o amarelo.

O lance não acabaria por aí. Na cobrança da falta, Brito acertou um lindo chute (com a chuteira limpa, a direita) e mandou a bola no ângulo do goleiro Gianni Anestis. Golaço depois de tanta confusão. O AEK ainda empataria no final do segundo tempo, com Ognjen Vranjes, mas o 1 a 1 no placar acabaria custando a liderança dos atenienses, ultrapassados pelo PAOK.

via GIPHY

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo