Joshua Zirkzee em estrela. Garoto de 18 anos, com cara de moleque, entrou na rodada passada contra o Freiburg, aos 45 minutos do segundo tempo, e desempatou o placar da partida que o Bayern de Munique terminaria vencendo por 3 a 1. Neste sábado, aconteceu a mesma coisa. Entrou aos 38 no lugar de Philippe Coutinho e, aos 40, abriu o placar do triunfo bávaro sobre o Wolfsburg, por 2 a 0.

Curioso que o atacante holandês não havia feito nenhum gol em 13 partidas da terceira divisão com o time B do Bayern de Munique, embora tivesse feito quatro na Champions League sub-19, antes de abrir sua contagem pelo time principal contra o Freiburg e, diante do Wolfsburg, fazer mais um gol decisivo na campanha bávara.

O jogo estava difícil. O Bayern dominou e teve oportunidades, mas vira e mexe o Wolfsburg chegava com perigo. Como com Felix Klaus, aos 15 minutos do primeiro tempo, quando Neuer teve que fazer uma grande defesa, ou no começo do segundo tempo, quando o cruzamento de Roussillon passou a milímetros da chuteira de João Victor.

Aos 40 minutos, Gnabry tabelou pela direita, e o passe de Müller provavelmente buscava o ponta, mas Zirkzee apareceu batendo, um pouco à direita da marca do pênalti, e fez 1 a 0. Pouco depois, Müller foi novamente importante ao lançar para Lewandowski, que ajeitou para Gnabry fazer o segundo e garantir a vitória do Bayern, terceiro colocado da Bundesliga.

.

.

.

Classificações Sofascore Resultados

.