Estados UnidosMLS

Vitória real

Se a primeira impressão é a que fica, o Real Salt Lake fez isso muito bem ao bater o Galaxy fora de casa, por 3 a 1. Mesmo começando o jogo sem quatro de seus titulares habituais, o time de Jason Kreis conquistou uma boa vitória contra os atuais campeões da temporada regular e da MLS Cup no Home Depot Center.

A defesa do time de Utah não funcionou em seu nível habitual, até pela ausência do zagueiro Nat Borchers, mas o goleiro Nick Rimando apareceu muito bem em praticamente todos os momentos em que o Real precisou. Borchers e Jamison Olave continuam constituindo a melhor zaga da liga e Chris Schuler, que jogou no lugar de Borchers no sábado, é um reserva de luxo, pois seria titular em vários times da MLS.

Will Johnson, titular absoluto no meio de campo, não pode participar do jogo de sábado, mas teve um substituto a altura. Sebastian Velasquez foi escolhido no último draft pelo Real e tornou-se o segundo jogador da história a sair de uma faculdade comunitária para a MLS. Em sua primeira partida como profissional, o colombiano esteve envolvido na criação de várias jogadas, ajudou o time a trabalhar bem a posse de bola e ainda fez o cruzamento que resultou no primeiro gol do time de Salt Lake City.

Alvaro Saborio e Javier Morales, dois dos melhores jogadores da liga, começaram no banco, mas quando entraram participaram muito bem da vitória. Morales é o cérebro da equipe e sempre se apresenta bem no ataque, como pode ser visto em seu gol, onde o meia aparece na área para aproveitar uma sobra de bola. Saborío, por sua vez, desviou um lançamento e deixou o rápido Fabian Espindola em condições de limpar o zagueiro e fechar o placar.

Outro fator que influenciou na vitória, mas não deve servir para menosprezá-la, é que o Galaxy jogou na última quarta pela Concachampions e ainda terá a partida de volta nesta quarta (14). Bruce Arena, técnico do time de LA, disse após o jogo que assumia a culpa pela derrota, já que foi opção dele usar praticamente a mesma escalação do encontro com o Toronto pela CCL e expor a defesa em busca do empate quando o jogo estava 2 a 1.

Para o Galaxy fica o alerta de que sem Omar Gonzalez, a zaga fica muito desprotegida, fato comprovado nos dois jogos da semana. AJ DeLaGarza dá conta do recado, mas Arena precisa arrumar um companheiro para AJ. Andrew Boyens foi mal contra o Toronto, Tommy Meyer fez o básico contra o Real e Leonardo ainda deve ser testado. Ficou claro que essa é a emergência do Galaxy para esse início de 2012.

Logo na primeira semana da temporada, o Real Salt Lake já mostrou porque é um dos favoritos a conquistar a MLS Cup em 2012. Mesmo com um time alterado, os Royals foram até Los Angeles e venceram um jogo extremamente difícil, já que o Galaxy é o atual campeão e não perdia em casa há um ano.

Nos outros jogos…

Em Portland,a torcida dos Timbers deu mais um show e Kris Boyd mostrou que não perdeu seu faro de gol na vitória do time da casa sobre o Union, por 3 a 1. O time da Philadelphia sofrerá muito nesse ano após a tentativa de renovação brusca pela qual a diretoria submete o time.

Kenny Cooper entrou no segundo tempo de Dallas e Red Bulls, mas já deixou sua marca. Deve ser o parceiro de Henry durante a temporada. Mas o elenco do Dallas, que jogou sem David Ferreira, fez a diferença. Ricardo Villar, substituto do colombiano, marcou um dos gols da vitória dos Hoops, por 2 a 1.

O início do Montréal Impact não foi nada bom. O time criou pouco, não marcou bem e perdeu por 2 a 0 para o Vancouver Whitecaps. E o ataque dos ‘Caps deu uma amostra do quão perigoso será durante toda a temporada, com Le Toux e Camilo marcando os gols, além de boas participações de Hassli e Chiumiento.

Em sete confrontos Leste x Oeste, os times do Oeste venceram seis dessas partidas e o Leste conseguiu apenas um triunfo, através do Houston Dynamo. Os laranjas contaram com um gol de Andre Hainault nos acréscimos do segundo tempo para vencer o Chivas, por 1 a 0.

Confira os resultados da 1ª semana da MLS:

Vancouver Whitecaps 2×0 Montréal Impact
VAN: Sebastien Le Toux (4’), Camilo (54’)

Colorado Rapids 2×0 Columbus Crew
COL: Drew Moor (44’), Quincy Amarikwa (89’)

D.C. United 0x1 Sporting Kansas City
SKC: C.J. Sapong (90’)

San Jose Earthquakes 1×0 New England Revolution
SJ: Chris Wondolowski (15’)

Los Angeles Galaxy 1×3 Real Salt Lake
LA: Edson Buddle (71’) / RSL: Sean Franklin (contra, 73’), Javier Morales (80’), Fabian Espindola (85’)

FC Dallas 2×1 New York Red Bulls
FCD: Zach Loyd (12’), Ricardo Villar (61’) / NY: Kenny Cooper (78’)

Chivas USA 0x1 Houston Dynamo
HOU: Andre Hainault (90’)

Portland Timbers 3×1 Philadelphia Union
POR: Andre Jean-Baptiste (54’), Kris Boyd (66’), Khalif Alhassan (76’) / PHI: Gabriel Gomez (51’)

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo