Estados UnidosMLS

[Vídeo] Dempsey perdeu a linha com o árbitro, e isso pode lhe custar bem caro

Rivalidades são quentes em qualquer lugar do mundo, mesmo nos Estados Unidos, em que o futebol ainda não tem longa tradição. Em jogo de mata-mata, então, é natural que os nervos fiquem ainda mais à flor da pele, podendo influenciar as atitudes até de um jogador experiente como Clint Dempsey. No duelo de seu Seattle Sounders com o Portland Timbers, que venceu por 3 a 1 na prorrogação e avançou na US Open Cup, o destaque americano perdeu a paciência com a arbitragem, acabou expulso e agora enfrenta a possibilidade de um gancho pesado.

VEJA TAMBÉM: Esta é a tabela da Premier League 2015/16

Ainda no tempo regulamentar, o Seattle Sounders teve seu primeiro expulso, com Evans recebendo o segundo amarelo. Mesmo assim, conseguiu com Oba Oba Martins o empate, aos 39 minutos do segundo tempo, levando o duelo para a prorrogação. Com um a menos, a parada estava difícil para os Sounders, e Wallace, aos dez minutos do primeiro tempo extra, ainda colocou os Timbers à frente. Por mais complicada que a situação parecesse, havia ainda a possibilidade de um empate, mas tudo foi por água abaixo aos oito minutos do segundo tempo extra. O árbitro deu aos Sounders o segundo vermelho, expulsando Azira direto. A ação revoltou Dempsey, e o destaque do Seattle então tomou a caderneta das mãos do árbitro, atirou-a no chão e a rasgou. Acabou expulso também e viu de longe o Timbers fechar o 3 a 1 dois minutos depois.

Como se não bastasse o descontrole e a eliminação, Dempsey poderá ter pela frente uma punição pesada, e isso gerou um debate interessante nos Estados Unidos. Sam Borden, que escreve sobre futebol para o New York Times, chamou a atenção para o fato de que a atitude do jogador do Seattle poderia ser considerada agressão ao árbitro, o que tem punição mínima de três meses prevista no regulamento. Prontamente, a maior figura do futebol norte-americano em todos os tempos, Landon Donovan, se meteu na discussão, externando o lado dos atletas e relevando a atitude de Dempsey, mas sem se fechar para os outros pontos.

Pelo Twitter, Donovan debateu com Borden sobre o caso. “Da perspectiva do jogador, às vezes nós perdemos a calma. Não é uma desculpa, estou apenas explicando que somos humanos também”, escreveu o ex-atleta. Borden respondeu então que achou a reação de Dempsey exagerada, com o que Donovan em seguida concordou. O jornalista depois diz que no caso de Dempsey a punição seria mais um instrumento de ditar um exemplo, e Donovan então responde: “Concordo. Eu deveria ter sido expulso muitas vezes por atormentar os árbitros, e isso deu um péssimo exemplo para jogadores jovens”.

Pela expulsão direta, Dempsey já está suspenso do próximo jogo do Sounders pela US Open Cup, que deverá ficar só para a próxima temporada já que o time foi eliminado da competição. Mas se julgarem a atitude de Dempsey como agressão ao árbitro, o que seria bastante justificável, a pena pode ser de pelo menos três meses afastado de qualquer competição norte-americana, incluindo, é claro, a MLS. Um preço caro que a liga pode estar disposta a pagar -impossibilitando que uma de suas principais estrelas promova a competição estando em campo – para estabelecer um precedente logo no momento em que mais se estabelece internacionalmente.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo