Estados UnidosMLS

Veja como vai ficar o novo estádio do Orlando City em um tour virtual 3D

O Orlando City estreou na MLS em 2015, trazendo Kaká como a sua grande estrela. Ganhou manchetes no Brasil também por ter um dono brasileiro, o empresário Flávio Augusto da Silva. O primeiro ano dos Lions na liga não foi como se esperava dentro da campo, com o time ficando fora dos playoffs. Mas dá para dizer, mesmo assim, que foi um sucesso. Teve uma ótima média de público, acima até do que era esperado, e conseguiu se integrar bem à comunidade de Orlando, algo muito valorizado – e muito desejado – pelos dirigentes da MLS. O novo estádio do clube, que seria inaugurado no meio de 2016, teve a sua abertura adiada para o começo de 2017. Os torcedores poderão ver um pouco de como será o estádio em um tour 3D, lançado pelo clube nesta semana.

LEIA TAMBÉM: Com Magic Johnson, Mia Hamm e Will Ferrell (!) como acionistas, Los Angeles FC apresenta escudo e cores

“Infelizmente, a construção do estádio está levando mais tempo que esperávamos”, disse o presidente do Orlando City, Phil Rawlins, em comunicado divulgado pelo clube. “Portanto, a fim de proporcionar tempo suficiente, nós tomamos a decisão prudente de jogar a temporada 2016 no Citrus Bowl e concentrar nossos esforços de construção para estarmos totalmente preparados para abrir em 2017”, explicou o dirigente. “Isso irá nos permitir dar aos torcedores, à comunidade, aos parceiros e competidores uma experiência de primeira classe desde o primeiro dia”, continuou. O time já tinha anunciado que lançaria o tour 3D, o que aconteceu nesta semana.

A ideia é permitir que os torcedores vejam como estará o estádio e, mais do que isso, vejam como será a visão de cada um dos setores do novo estádio, com a possibilidade de comprar ingressos de temporada para 2017. O site traz recurso para comparar as visões do gramado e, além disso, ver como será o estádio olhando de dentro de campo. Uma possibilidade interessante para que o público já vá se habituando e escolha o setor onde prefere ver o jogo, com preços diferentes, claro, para cada setor.

“O estádio virtual é uma ferramenta no estado da arte que permite aos torcedores ter uma visão da nossa nova casa no próximo ano”, afirmou Scott Neal, gerente do estádio. “A funcionalidade é muito simples e fornece uma visão fantástica do que vira em Parramore”, continuou. O estádio terá 25.500 lugares e o clube também criou uma câmera em tempo real no local da construçãod o estádio para que os torcedores e o público geral possam acompanhar.

Com uma média de público de 32.847 pessoas por partida, o time só levou menos público em média que o campeão neste quesito da liga há anos, o Seattle Sounders, que levou 44.247 pessoas por jogo. O Orlando City irá estrear na temporada 2016 da MLS no dia 6 de março no Citrus Bowl contra o Real Salt Lake.

VEJA O TOUR 3D DO ESTÁDIO DO ORLANDO CITY

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo