Estados UnidosMLS

Union?

O 2012 do Philadelphia Union começou extremamente turbulento e a cada dia que passa, as coisas só vão ficando piores. De trocar seu melhor jogador por migalhas a uma suposta invenção de lesão de seu capitão, a franquia da Pensilvânia vem fazendo tudo errado no começo do ano.

Tudo começou no final de janeiro deste ano, quando o Union trocou Sebastien Le Toux, seu jogador mais importante nas duas primeiras temporadas, por dinheiro de alocação vindo do Vancouver Whitecaps. E o próprio Le Toux acompanhou rumores sobre essa troca nas redes sociais, até que o assistente técnico da equipe ligou para fazer o único e último contato dos Zolos com o francês. Sem contar que Le Toux foi praticamente obrigado a ir treinar com o Bolton na Inglaterra, para que o Philadelphia tivesse chances de vendê-lo por uma boa quantia.

Na troca, o Union não mandou apenas o maior artilheiro da história da equipe, mas aquele jogador que virou ídolo da torcida e dava exemplo dentro e fora de campo. Mas como Piotr Nowak, técnico do clube, disse logo após a troca, “não existe sentimento na descrição do meu trabalho”.

Nowak e os dirigentes do clube vieram a público alegando que a troca fora realizada para que o Union não se criasse em volta de um jogador, mas sim do futuro da equipe. Só que em certa parte do comunicado, Nick Sakiewicz, CEO do time, disse que a diretoria não estava satisfeita em chegar apenas às semifinais de conferência no ano passado e que queria avançar além dessa fase na temporada de 2012. Quer dizer que trocar seu melhor jogador por uma quantia de dinheiro e jogar novatos aos leões é a melhor forma de chegar mais perto da MLS Cup? Não dá para acreditar nisso.

O substituto de Le Toux no ataque, Lionard Pajoy, contratado junto ao Ciudad de Itaguí, da 1ª divisão colombiana, até marcou o gol do Union na derrota frente ao Colorado Rapids no último domingo… Mas o atacante perdeu várias chances de pelo menos ajudar o Philadelphia a empatar o jogo e sair do primeiro jogo em casa de 2012 com um ponto.

Falando na estreia do Union no PPL Park em 2012, houve algo que causou polêmica e conturbou ainda mais a cena em Philly. Pela quarta vez em 78 oportunidades, Danny Califf, atual capitão da equipe, não esteve em campo com os Zolos. E o que deixa a situação mais interessante é que houve um desencontro de informações.

A MLS pede que cada time entregue um relatório das lesões na sexta-feira antes dos jogos do final de semana. Na lista do Union para o jogo de domingo, aparecia apenas o nome de Chris Albright, que acabou jogando no lugar de Califf, que assistiu a partida do banco de reservas.

Após o jogo, o técnico Nowak disse em sua coletiva de imprensa que Califf estava com o joelho machucado e por isso não havia participado da partida. Quando os repórteres foram entrevistar Califf, ele afirmou que não estava lesionado, havia treinado a semana inteira e que os médicos do clube o liberaram para qualquer jogo.

Extremamente estranha a situação, já que Califf havia jogado os 90 minutos do primeiro jogo do Union na temporada e treinado por todos os dias na última semana. Ainda pior o fato do capitão não ter sido informado de nada e o técnico ter inventado uma lesão para dar motivo para colocá-lo no banco.

Se o Union continuar tratando seu futebol e as pessoas que mais contribuem com ele desse jeito, o clube deve passar longe de alcançar seus objetivos, tanto desse ano, quanto das próximas temporadas. Tudo bem não colocar o sentimento no cargo, como disse o técnico Piotr Nowak, mas a situação em Philadelphia está longe de ser decente e não tem nada a ver com sentimento.

Confirma os resultados da 2ª semana da MLS:

Montréal Impact 1×1 Chicago Fire
MON: Davy Arnaud (56’) /CHI: Dominic Oduro (71’)

San Jose Earthquakes 0x1 Houston Dynamo
HOU: Brad Davis (14’)

Seattle Sounders 3×1 Toronto FC
SEA: David Estrada (17’, 51’, 63’) / TFC: Ryan Johnson (62’)

FC Dallas 1×1 Portland Timbers
FCD: Blas Pérez (22’) / POR: Darlington Nagbe (51’)

Sporting Kansas City 3×0 New England Revolution
SKC: Graham Zusi (28’), Kei Kamara (39’), C.J. Sapong (47’)

Chivas USA 0x1 Vancouver Whitecaps
VAN: Jay DeMerit (68’)

Real Salt Lake 2×0 New York Red Bulls
RSL: Fabian Espindola (39’), Luis Gil (58’)

Philadelphia Union 1×2 Colorado Rapids
PHI: Lionard Pajoy (67’) / COL: Jaime Castrillón (56’), Tony Cascio (62’)

Los Angeles Galaxy 3×1 D.C. United
LA: Robbie Keane (45’, 69’), Marcelo Sarvas (86’) / DC: Nick DeLeon (87’)

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo