Estados UnidosMLS

Trouble in New York City

Em meio a uma disputa por playoffs e um declínio imenso daquele time que era considerado um dos grandes favoritos a MLS Cup, o New York Red Bulls recebeu o Real Salt Lake na última quarta e perdeu o jogo em apenas 21 minutos, com três gols do RSL em sequência, logo no início da partida. E quem poderia dizer que isso seria o que menos afetaria os touros vermelhos nessa semana?

Depois da derrota frente ao RSL, o zagueiro Rafa Márquez, uma da estrelas do clube novaiorquino, deu uma entrevista altamente polêmica. O capitão da seleção mexicana disse “Estou focado em jogar no meu nível mais alto. Mas isso não significa que toda a linha defensiva jogue em um mesmo par, então isso é um problema”. Se a situação já não era das melhores, depois dessas palavras só piorou.

Continuando a entrevista, Marquez disse: “Aconteceram alguns erros, mas se você olhar as estatísticas, eu estou tentando roubar bolas, trazê-las de volta para o time, fazer bons passes”. Já que ele falou disso, indo ao ranking estatístico da MLS, que tenta colocar todos os jogadores em um mesmo padrão, o mexicano aparece apenas no 138º lugar, atrás de oito companheiros de time.

O próprio jogo contra o RSL é exemplo de que todos, inclusive Marquez tem culpa. No primeiro gol dos visitantes, ninguém acompanhou Alvaro Saborío, que cabeceou sozinho. No segundo, um deslize do zagueiro Tim Ream entregou o segundo tento para Fabián Espindola. E logo depois, o Espindola recebeu passe atrás da linha defensiva dos Red Bulls e só teve o trabalho de bater na saída de Frank Rost, enquanto Ream, Márquez, Solli e Albright só olhavam.

Durante as últimas semanas, a imprensa já questionava muito Marquez, que não vem jogando tão bem quanto acha. Houve até um jornalista da ESPN New York com uma matéria de título “Hora para deixar Márquez no banco”. Além disso, a mídia nacional também não deixou passar o tema, concordando com o escritor novaiorquino.

Para tentar colocar panos quentes na história, o técnico Hans Backe suspendeu Marquez para o jogo contra o Portland, adversário direto na briga pelos playoffs. Stephen Keel assumiu o lugar no mexicano na escalação, ao lado de Ream. A mudança deu muito certo e a defesa no clube novaiorquino cedeu poucas chances ofensivas para o Portland e assumiu a última vaga nos playoffs de forma isolada.

A grande questão agora é: Márquez deveria ser titular no próximo jogo? Vai depender das ideias de Hans Backe, mas os Red Bulls precisam em campo do que tem de melhor têm, já que a luta pelos playoffs está altamente complicado e seria uma grande vergonha se o time não se classificasse. Mas o mexicano também precisa pensar que o time está acima dele e que declarações como a que ele deu não vão melhorar a situação, pelo contrário até.

Com a maior folha salarial da liga e um time que era cotado para ganhar a MLS Cup, não dá para pensar em ficar de fora da playoffs, ainda mais jogando na conferência mais fraca da liga. Não falta muito tempo para acabar a temporada regular e o clube tem que apertar o passo. Talvez tenham que aprender uma ou outra coisinha com Sebastian Vettel.

CURTAS

– Se o Seattle Sounders vencer o Comunicaciones hoje, na Guatemala, o clube garantirá uma vaga nas quartas de final da Concachampions.

– O mesmo Sounders garantiu a Cascadia Cup no final de semana, ao vencer o Vancouver por 3 a 1. Essa foi a primeira vez que a copa foi disputada dentro da MLS, já que Vancouver e Portland se juntaram ao Seattle na liga apenas neste ano.

– O próximo domingo (2/10) marcará a estreia do BC Place na MLS. O estádio receberá todas as partidas do Vancouver Whitecaps na liga a partir do ano que vem.

– Los Angeles Galaxy, Seattles Sounders e Real Salt Lake já tem vagas garantidas nos playoffs.

– Atualmente, os outros classificados seriam: Houston Dynamo, Columbus Crew, Sporting Kansas City, FC Dallas, Colorado Rapids, Philadelphia Union e New York Red Bulls.

– O único time já oficialmente eliminado da corrida pelos playoffs é o Vancouver Whitecaps.

– O DC United é o clube que menos jogou na MLS e ainda tem seis partidas pela frente.

– Enquanto isso, Houston, Colorado, Chivas USA e Toronto só tem mais três jogos até o fim da temporada regular da liga.

– Três Estrelas da Semana 27 da MLS: Dwayne DeRosario (meia, DC United), Fredy Montero (atacante, Seattle), Juan Pablo Angel (atacante, Chivas).

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo