Estados UnidosMLS

Os dois lados da força na MLS

A temporada começou com dezoito times e agora só temos dois. Houston Dynamo e Los Angeles Galaxy conquistaram suas conferências no último domingo e se enfrentarão na disputa do título da MLS Cup no dia 20 desse mês. A partida será realizada no Home Depot Center, casa do Galaxy, local definindo no início da temporada.

Na coluna de hoje, confira um resumo das finais de conferência:

Sporting Kansas City 0x2 Houston Dynamo

No confronto entre dois dos melhores times da MLS em jogadas de bola parada, o Houston Dynamo conquistou a Conferência Leste em sua primeira temporada desse lado da liga. Os oranges saíram do Oeste para o Leste esse ano pelo fato de terem entrado dois times do lado oeste e um time precisar trocar de conferência.

O jogo começou bom e a grande chance do primeiro tempo caiu nos pés de Calen Carr. O atacante recebeu ótimo passe de Brad Davis e saiu na frente de Jimmy Nielsen, que fez uma ótima defesa para manter o placar no 0 a 0. Mas o lance mais fundamental da etapa aconteceu quando Davis, um dos melhores jogadores da temporada regular, foi para uma dividida de bola e teve que sair do jogo por uma lesão adquirida nesse lance.

Poderia ser o momento do Sporting tomar o controle da partida, mas o que se viu no segundo tempo foi um Houston Dynamo muito disciplinado e tomando a frente do jogo. E mesmo sem Davis, o cobrador de bolas paradas do time, o primeiro gol do Dynamo saiu numa jogada dessa. Adam Moffat cobrou falta na área, Jermaine Taylor (que entrou no lugar de Davis) cabeceou para o meio da área e Andre Hainault completou para o gol vazio.

O resto do jogo foi com o Sporting se jogando ao ataque e o Dynamo tentando contra-atacar. E foi assim que saiu o segundo dos texanos. Luiz Camargo, meia brasileiro emprestado pelo Paraná, deu ótimo passe por trás da defesa já quase inexistente e Carlos Costly só teve o trabalho de tirar de Jimmy Nielsen para garantir a vitória do Dynamo com apenas três minutos restando na partida.

Uma bela vitória para o Dynamo, ainda mais por ter jogado um grande tempo sem Davis, um dos melhores jogadores dessa temporada da MLS, e pela grande disciplina defensiva no segundo tempo para aguentar a grande pressão do Sporting após o primeiro gol.

Los Angeles Galaxy 3×1 Real Salt Lake

Em seu último ano de contrato, David Beckham chega mais uma vez à final da MLS Cup e tem a chance de conquistar o troféu. Se eu fosse Don Garber, comissário da liga, estaria rindo a toa nesse momento. Não é todo dia que se é agraciado com tamanho estímulo para as pessoas acompanharem a partida mais importante de sua liga durante o ano.

A vitória do Galaxy começou em um lance extremamente duvidoso. Em cruzamento na área, Omar Gonzalez cabeceou para fora, mas o juiz viu falta de Andy Williams sobre Gonzalez e marcou pênalti. Landon Donovan converteu a penalidade e botou o time da casa na frente. A liderança não durou muito. Dois minutos depois, Jamison Olave cabeceou após cobrança de escanteio e Alvaro Saborio desviou para o gol.

O primeiro tempo continuou bom e cada time ainda acertou uma bola na trave. Robbie Keane aproveitou sobra de bola e carimbou a trave de Nick Rimando, que só assistiu. E no último momento da etapa, Kyle Beckerman acertou um lindo chute, mas o poste evitou que o RSL fosse para o intervalo com a liderança.

No segundo tempo, o Galaxy começou a dominar as ações e o segundo gol foi questão de tempo. David Beckham fez cruzamento perfeito e o talismã Mike Magee cabeceou para colocar o time de Los Angeles na liderança de novo. E por pouco o RSL quase empatou logo depois novamente. Fabian Espindola acertou o travessão em um chute quase improvável.

E depois de várias boas chances, Robbie Keane deixou o dele. Donovan lançou o irlandês na esquerda e o ex-Tottenham fintou Olave antes de desferir um belo chute para aumentar a vantagem do Galaxy e praticamente sacramentar o título da Conferência Oeste.

A vitória foi ótima para o Galaxy, que se reafirmou em um grande jogo, talvez um dos melhores da história dos play-offs da MLS. E juntando com a conquista da temporada regular e o fato de não ter perdido em casa nenhuma vez esse ano, o Galaxy chega para a final como amplo favorito.

Na semana que vem, a coluna trará uma prévia da final da MLS Cup, que acontecerá no dia 20.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo