Estados UnidosMLS

O sonho americano

Era junho de 2007 e a seleção cubana estava em Houston para a disputa de uma partida pela fase de grupos da Copa Ouro. O grupo, composto por jogadores sub-23, foi a uma loja de departamento fazer compras. E Osvaldo Alonso viu ali a oportunidade perfeita para desertar, como se fosse a porta da imigração do Século XXI.

Para isso, Alonso esperou que seus companheiros fossem para uma determinada área da loja e saiu para outro lado, como se fosse comprar algum outro artigo. Ao invés disso, o volante saiu correndo, comprou um celular de um vendedor que falava espanhol e foi para Miami atrás de um amigo.

Para Alonso, a parte mais difícil de tudo foi deixar sua família para trás. De início, seus familiares ficaram bastante desapontados com a decisão do volante. Mas depois de ver seu desenvolvimento e crescimento como atleta, a família passou a ser mais incentivadora.

Apesar de estar longe da família, Alonso encontrou com Liang, sua atual esposa, assim que entrou nos Estados Unidos. Ela desertou em 2004 via Miami e foi a maior motivação pela qual Ozzie, como o volante é apelidado, queria tomar o mesmo caminho.

O futebol veio quase como uma consequência, mas Alonso já pensava desde o início que poderia ter uma maior facilidade de se tornar profissional nos EUA. “Realmente não havia nenhuma oportunidade de se tornar profissional em Cuba, então queria fazer de tudo para aproveitar essa chance”, disse o volante. 

O meio-campista fez testes com o Chivas USA logo após e até recebeu uma oferta de contrato, mas preferiu jogar no Charlestown Battery, da USL-Pro (espécie de 2ª divisão na época), por achar que teria mais tempo de jogo. E a aposta deu certo. Depois de ser o Novato do Ano em 2008 na USL-Pro, o Seattle Sounders, que faria seu primeiro ano na MLS em 2009, contratou o cubano.

Quatro anos após chegar à liga, Alonso é um dos melhores volantes da MLS e acaba de receber sua cidadania americana, dependendo de uma decisão da FIFA para ser elegível pela seleção dos EUA. Como Cuba cancelou a elegibilidade por sua deserção, a federação internacional pode cancelar sua ligação com seu país natal, já que Alonso participou de dois jogos da Copa Ouro de 2007, e o declarar apto a jogar pela seleção americana.

Desde sua deserção, Alonso sempre pensava em conseguir a nacionalidade americana, até para conseguir levar sua família para junto de si. Mas não esconde que ficaria muito feliz em ser convocado pela seleção americana. “Se a oportunidade aparecer, eu quero abraçá-la. Estou muito feliz por isso.”

O apelido de “Honey Badger” faz todo sentido para Alonso. Como um vídeo famoso na internet diz, o animal (no caso, um ratel) pega para si tudo o que ele quer. E isso reflete muito o estilo de jogo e vida do volante. Em campo, ele aguarda o momento certo para dar o bote agressivo e feroz, da mesma forma que fez quando estava na loja em 2007.

The Honey Badger takes what he wants.

Confira os resultados da 13ª semana da MLS:

New England Revolution 2×0 Chicago Fire
NE: Kelyn Rowe (69’), Benny Feilhaber (73’)

Vancouver Whitecaps 3×1 Houston Dynamo
VAN: Darren Mattocks (4’, 66’), Jordan Harvey (88’) / HOU: Mac Kandji (83’)

Philadelphia Union 0x1 D.C. United
DC: Chris Pontius (78’)

Houston Dynamo 2×1 FC Dallas
HOU: Will Bruin (3’), Adam Moffat (76’) / DAL: Jackson (59’)

Vancouver Whitecaps 1×0 Colorado Rapids
VAN: Sebastien LeToux (80’)

Montréal Impact 4×1 Seattle Sounders
MON: Felipe (18’), Justin Mapp (51’), Andrew Wenger (58’), Lamar Neagle (87’) / SEA: Eddie Johnson (61’)

Sporting Kansas City 2×0 Toronto FC
SKC: CJ Sapong (18’), Julio César (35’)

Chivas USA 0x3 Real Salt Lake
RSL: Fabian Espíndola (41’, 54’), Will Johnson (94’)

Chicago Fire 3×1 New York Red Bulls
CHI: Patrick Nyarko (4’), Gonzalo Segares (68’), Chris Rolfe (81’) / NY: Dax McCarty (55’)

Los Angeles Galaxy 1×0 Portland Timbers
LA: Todd Dunivant (61’)

New England Revolution 0x0 Columbus Crew

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo