MLS

Terceiro jogo, terceiro show: Messi anota mais dois gols e Inter Miami embala com o craque

O Inter Miami encarou o Orlando City pela Leagues Cup e avançou às oitavas de final, conduzido por novo recital de Messi

Pelas primeiras demonstrações, os gols de Lionel Messi nos Estados Unidos sairão aos montes. O argentino balançou as redes cinco vezes em três jogos pelo Inter Miami – com seu golaço na estreia diante do Cruz Azul e mais dois contra o Atlanta United. Desta vez, o craque acrescentou outros dois tentos à conta. E seria uma participação importante, no início dos mata-matas da Leagues Cup, torneio de intertemporada que envolve os clubes da MLS e da Liga MX. O Inter Miami fez um duelo de vizinhos contra o Orlando City no Estádio Lockhart, em Fort Lauderdale, e mostrou quem manda na Flórida. O triunfo por 3 a 1 leva o time de Tata Martino às oitavas de final.

O início da partida não aconteceu no horário marcado, por causa da forte chuva na Flórida. Entretanto, quem esperou pôde ver mais um show de Messi. O camisa 10 joga com uma facilidade tremenda, sem perder a leveza. Depois de comemorar na partida passada repetindo o gesto de Thor, dessa vez brincou de ser o Pantera Negra. E o Inter Miami, da campanha claudicante na MLS, pinta como candidato ao título da Leagues Cup. O FC Dallas será o oponente das oitavas, após superar o Mazatlán com a vitória por 2 a 1.

Messi tinha a companhia de Robert Taylor e Josef Martínez no ataque do Inter Miami. Sergio Busquets controlava o meio, enquanto Kamal Miller e DeAndre Yedlin eram os destaques na defesa. Jordi Alba, pela primeira vez, pintava no banco. Já o Orlando City também reunia nomes conhecidos, como Pedro Gallese e Facundo Torres, além do zagueiro Antônio Carlos, ex-Palmeiras.

Mais uma vez, as arquibancadas contaram com a presença de várias celebridades. Dono do Inter Miami, David Beckham é figura carimbada nos jogos. Outro nome que chamava atenção era Derek Jeter, lenda do beisebol. Curiosamente, o veterano confessou que aquele seria seu primeiro jogo de futebol visto no estádio. Messi auxiliou bastante sua experiência.

Messi faz o primeiro rápido

Bastaram sete minutos para Messi brilhar. Foi uma jogada bem construída, com o carimbo de Busquets no meio-campo. Na boa troca de passes, Taylor cruzou na área e Messi se infiltrou com muita liberdade. O camisa 10 matou no peito, antes de fuzilar. Levou ao delírio a multidão em Miami. O empate do Orlando City não tardou, contudo. Após um escanteio, César Araújo anotou no rebote, aos 17 minutos.

O Inter Miami continuou mais próximo do segundo gol, especialmente por causa de Messi. O craque mandou uma bola na trave aos 31 minutos, enquanto exigiu grande defesa de Gallese numa cobrança de falta que tinha endereço. O camisa 10 mostrava como queria jogo e não encontrava dificuldades para causar problemas.

O ataque do Inter Miami se entende

Logo na volta ao segundo tempo, o Inter Miami ganhou um pênalti. Josef Martínez forçou a marcação do penal, num lance contestável com Antônio Carlos na área. O próprio venezuelano assumiu a cobrança e converteu, recolocando os rosados em vantagem. Messi era um pouco menos ativo e causou preocupação numa pancada que recebeu de Mauricio Pereyra, mas seguiu em campo. Logo depois, o Inter Miami acionou seu banco de reservas e promoveu a entrada de Jordi Alba, muito festejado em sua estreia pelo novo clube.

Num momento em que o Orlando City pressionava pelo empate, o Inter Miami armou um contra-ataque e ampliou a diferença aos 27 minutos. Messi mais uma vez foi o responsável pela trama. O craque conduziu o avanço, num lance bem construído com os companheiros de frente. Taylor cruzou da esquerda e Martínez entregou o presente para Messi, que mais uma vez encontrou muita liberdade para definir de primeira.

Um dos melhores em campo, Josef Martínez deixou o campo na sequência. O Orlando City não desistia, mas o Inter Miami tinha a situação sob controle e levantava a galera nos contra-ataques. Messi também buscava sua primeira tripleta. Os minutos finais foram agitados. Os veteranos do Inter ainda deram seus piques. Entretanto, a pressão do City era maior e rendeu um tento anulado no último minuto. César Araújo balançou as redes de novo, mas havia impedimento na jogada.

Messi deixou o campo nos acréscimos, ovacionado pela torcida. Recebeu depois o prêmio de melhor em campo. O gênio mostra cada vez mais como está apto a brilhar e amplia seu tempo dentro de campo. O temor fica para quem vai encarar o camisa 10 na sequência da Leagues Cup. Está claro como a presença do craque faz toda a diferença ao Inter Miami, ainda mais com os velhos companheiros que reaparecem ao seu lado.

Foto de Leandro Stein

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreveu na Trivela de abril de 2010 a novembro de 2023.
Botão Voltar ao topo