MLS

Deu casamento: LA Galaxy anuncia contratação de Douglas Costa

Aos 31 anos, Douglas Costa chega como estrela à MLS e contrato até 2023, mas precisará superar as lesões para brilhar

Foram muitas semanas de namoro até que o casamento foi acertado: Douglas Costa é o novo jogador do Los Angeles Galaxy, em empréstimo de seis meses e, depois desse primeiro período, ele será adicionado ao elenco dos californianos como jogador designado. O contrato firmado será de um ano e meio, até o fim da temporada 2023 da MLS.

A situação do atacante ficou difícil no Grêmio depois do clube ser rebaixado à Série B. Com menos recursos e precisando reduzir a folha salarial, a sua saída sempre foi cogitada, ainda mais porque no último jogo da temporada no Brasil a sua comemoração de gol com um tchauzinho gerou alguma controvérsia.

Ainda assim, no dia 11 de janeiro, o jogador se desculpou com torcedores e tudo indicava que ele continuaria para a temporada 2022 no Grêmio. Isso mudou. Sua saída passou a ser dada como certa como parte da iniciativa do clube de reduzir a sua folha salarial, o que faz todo sentido. Ainda mais pelo rendimento abaixo da expectativa de Douglas Costa e pelo alto salário que ele recebia, como um jogador que veio da Europa.

O Los Angeles Galaxy já pintava como destino há algum tempo, mas a negociação se arrastou. Enfim, o anúncio saiu nesta quinta-feira e o jogador estará no elenco do Galaxy para a disputa da temporada 2022, que começa no final do mês, no dia 26, contra o New York City, o campeão da temporada 2021.

O Grêmio de fato não tinha motivos para manter Douglas Costa, que mesmo que decidisse baixar o salário, ainda custaria caro para um time que disputará a Série B. Para o time dos Estados Unidos, a contratação é interessante, mesmo com os problemas físicos, até por chegar sem custos de transferência. É um jogador de nível alto para o Brasil e mais ainda para a MLS. O brasileiro fará companhia a Chicharito Hernández, que é a estrela da equipe.

“Douglas é um jogador de nível mundial e um campeão provado no mais alto nível. Sua capacidade de criar e finalizar irá adicionar outro nível ao nosso ataque”, afirmou o técnico do Galaxy, Greg Vanney. “Estamos empolgados em integrá-lo ao time no momento que avançamos para o começo da temporada”.

As passagens pelo Shakhtar Donetsk, Bayern de Munique e Juventus foram destacadas pelo Galaxy para comprovar a experiência do jogador, além de ter jogado pela seleção brasileira – inclusive na Copa do Mundo de 2018, quando entrou e foi importante. A grande incógnita em relação a Douglas Costa neste momento não é a sua habilidade nem o seu nível técnico, mas sim a parte física. No Brasil o jogador seguiu os mesmos problemas que vivia na Europa: pouco tempo em campo, muito tempo no departamento médico.

A MLS tem um nível um pouco mais baixo que o do Campeonato Brasileiro e a tendência é que o jogador se sobressaia. Se estiver saudável, é claro. É a última chance de brilhar com relevância e em um palco onde ele é visto como estrela.

Imagem de divulgação de Douglas Costa sendo anunciado pelo Galaxy

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo