MLS

Bojan marca um belo gol na MLS, mas seu Montreal Impact tomou 4 a 1 do NY Red Bulls

O atacante Bojan Krkic marcou um belo gol na noite de domingo da MLS. O atacante de origem sérvia nascido na Espanha marcou o seu primeiro gol na temporada 2020 na liga americana, mas o seu time, o Montreal Impact, tomou uma goleada por 4 a 1 do New York Red Bulls e está em crise. A equipe é comandada por um nome estelar: Thierry Henry, que brilhou justamente no time nova-iorquino.

[foo_related_posts]

Na temporada 2019, quando Bojan foi contratado, foram 10 jogos, com três gols. Esta temporada, 2020, ainda muito afetada pela pandemia do coronavírus, teve menos jogos. Até aqui, Bojan fez 12 jogos, sendo quatro deles no torneio MLS is Back, seis pela MLS e outros dois pela Champions League da Concacaf. O gol na noite de domingo contra o New York Red Bulls foi o seu primeiro, em uma caminhada do clube canadense que tem sido ruim até aqui.

O gol veio logo a quatro minutos. Bojan recebeu a bola de outro jogador com histórico europeu, Victor Wanyama, ex-Tottenham. Bojan recebeu pela meia esquerda, puxou para o meio e chutou alto, forte, de fora da área, e marcou um belo gol para colocar o Impact em vantagem.

Só que as coisas se complicaram. Depois de 10 minutos de tomar o gol, o time de Nova York igualou o marcador com Tom Barlow. O Impact chegou a marcar novamente aos 19 minutos com Lassi Lappalainen, mas foi anulado corretamente por impedimento. Aos 35 minutos, Barlow marcou mais um e virou o jogo para o NY Red Bulls. Aos 11 minutos do segundo tempo, mais um gol, com Daniel Royer, em passe de Kaku. Um minuto depois, foi o contrário: Royer fez o passe para Kaku marcar e fechar a conta: 4 a 1.

Com isso, já são quatro derrotas seguidas do Montreal Impact. A campanha do time é de cinco vitórias, oito derrotas e um empate. O time caiu pelas tabelas na classificação da Conferência Leste, em oitavo lugar entre os 14 participantes.

O clube, embora baseado em Montreal, tem jogado na Red Bull Arena, casa do rival deste domingo. Todos os clubes canadenses passaram a ficar baseados nos Estados Unidos para os jogos até o fim de setembro. Isso porque a fronteira entre Canadá e Estados Unidos estava fechada. Por enquanto, a fronteira está fechada até o dia 21 de outubro. Apenas viagens essenciais estarão permitidas. Embora com restrições, ainda é possível viajar entre os dois países.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo