Copa do ReiEspanha

Aspas precisou de menos de quatro minutos para fazer três gols – o segundo, uma pintura

Iago Aspas não deixou muitas saudades no Liverpool. Em uma temporada completa no clube, o atacante marcou apenas um gol e é bem mais lembrado por um escanteio bisonho contra o Chelsea. Não à toa, acabou emprestado ao Sevilla. E, em um intervalo de apenas quatro minutos, fez muito mais do que no ano todo que passou em Anfield. O espanhol foi o nome na goleada por 5 a 1 sobre o Sabadell, da segunda divisão, pela Copa do Rei. Entre os 13 e os 17 minutos do segundo tempo, Aspas balançou as redes três vezes, na melhor marca do torneio desde 1981.

Dá até para menosprezar o nível do adversário do Sevilla, mas não a capacidade de Aspas nas conclusões. O segundo foi uma pintura por cobertura, apenas 102 segundos depois do primeiro. Já o quarto saiu com mais 131 segundos, driblando o goleiro. Menos de quatro minutos para a marca fantástica. Que, diante da má fase dos atacantes do Liverpool, faz os torcedores em pensar no espanhol novamente como opção.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo