Espanha

Torcedores do Real Madrid acusados por cânticos fascistas

Um grupo de torcedores do Real Madrid foi acusado pela arbitragem da partida de domingo contra o Osasuna, no Santiago Bernabéu, pelo que foi considerado gestos e cantos fascistas, de acordo com relatório oficial.

O juiz Alfonso Perez Burrul disse no relatório que alguns torcedores do Real, na área atrás de um dos gols, estavam com bandeiras e faixas com o “símbolos extremistas e radicais”. Também se referiu a “cânticos com referências à câmara de gás, morte ao Osasuna e fascismo para sempre” e disse que estavam acompanhados de gestos de “natureza fascista”.

O Real já teve problemas no passado com um grupo radical de torcedores conhecido como “Ultras Sur”. O clube foi multado em € 9,780 depois que imagens televisivas mostraram um grupo insultando jogadores adversários com saudações nazistas em partida da Liga dos Campeões contra o Bayer Leverkusen em 2004. O Real Madrid deve receber outra multa pela Federação Espanhola de Futebol (RFEF) pelos incidentes de domingo.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo