Espanha

Times espanhóis se defendem de acusações do Le Monde

Barcelona, Real Madrid, Betis e Valencia negaram que tenham qualquer tipo de ligação com Eufemiano Fuentes, médico acusado de liderar uma rede de dopagem sangüínea no ciclismo. As suspeitas foram levantadas em uma reportagem publicada nesta quinta-feira pelo diário francês Le Monde.

´O Barcelona nega categoricamente a informação publicada pelo Le Monde (…) e se reserva o direito de tomar os procedimentos legais para a defesa de seus interesses´, afirmou o time catalão por meio de uma nota publicada em seu site oficial.

Tomas Calero, chefe dos serviços médicos do Betis, também se defendeu das acusações. “Posso unicamente negar a existência de um encontro entre Fuentes e o clube ou comigo. Duvido que algum jogador da equipe o tenha procurado”, afirmou.

Como o Barcelona, o Real Madrid afirmou que tomará as providências legais contra as acusações levantadas pelo diário.  Por meio de um porta-voz, o Valencia afirmou que “nunca se relacionou com Fuentes”.

No início deste ano, as autoridades espanholas, por meio da chamada “Operação Porto”, descobriram a rede chefiada por Fuentes. O médico teria ajudado 58 ciclistas profissionais a se doparem. Entre eles, estavam Jan Ullrich e Ivan Basso, dois dos mais famosos esportistas da modalidade.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo