Espanha

TAS mantém inscrição do Granada 74 na liga espanhola

O Granada 74 foi autorizado a disputar a segunda divisão espanhola pelo Tribunal Arbitral do Esporte de Lausanne, na Suíça. O órgão máximo da justiça desportiva mundial rechaçou a ação da federação espanhola (RFEF), que tinha o apoio de Fifa e Uefa, contra a entrada do clube na liga.

A RFEF argumentava que o novo clube havia adquirido a vaga do Ciudad de Murcia na segunda divisão, violando assim o princípio esportivo de que as equipes devem ser promovidas por seus resultados em campo, e não através de operações financeiras ou comerciais.

Pelo desempenho esportivo, o Granada 74 deveria disputar a quarta divisão nacional, depois de ser promovido da liga regional da Andaluzia na última temporada. No entanto, o presidente do Granada 74, Carlos Marsá, comprou o Ciudad de Murcia por cerca de 20 milhões e transferiu o clube para Motril, a 70 km de Granada.

Recentemente, Marsá acusou a federação de passar informações equivocadas para Fifa e Uefa sobre a inscrição do Granada 74. “Eles disseram que compramos o lugar do Ciudad de Murcia, mas não explicaram que adquirimos uma entidade esportiva e alteramos seu endereço registrado, o que é permitido. Agimos dentro da lei”, disse.

Durante a pré-temporada, a RFEF não autorizou seus árbitros a trabalhar nos jogos do Granada 74.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo