Espanha

Atlético de Madrid segue com obras do novo estádio

O Atlético de Madrid lamentou a decisão do COI de escolher Tóquio como cidade sede da Olimpíada de 2020. O time esperava que a capital espanhola vencesse e, assim, o seu novo estádio seria usado no evento e, melhor, o entorno receberia obras de melhoria de transporte e infraestrutura urbana. Apesar de lamentar a derrota de Madri, o clube assegura que os prazos para a construção do estádio serão mantidos.

Segundo o site do jornal Marca, os colchoneros sabem que as obras no entorno do estádio seriam benéficas para o clube. “É a diferença entre um grande recinto bem rodeado ou um grande recinto em uma área descampada”, disse uma fonte do clube ao jornal espanhol. Se as Olimpíadas fossem em Madri, as obras no entorno, os acessos ao estádio e a estrutura de comunicação seriam melhorados.

O novo estádio do Atlético passará a ser usado na temporada 2015/16. Segundo o clube, os planos para o estádio não correm risco algum. As obras de estrutura do estádio devem ser concluídas em 2014. Em 2015, será feita a cobertura. Há um contrato, assinado em 2011, que prevê multas em caso de atraso. O Atlético sonha com o estádio novo. A torcida também.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo