EspanhaLa Liga

Regulamento falho não prevê desempate no Espanholão

Se La Liga terminasse hoje, não saberíamos quem seria o campeão. Exatamente. Atlético de Madrid e Barcelona dividem a liderança da competição. O primeiro critério de desempate é o confronto direto, que ainda não aconteceu. Nos demais, tudo igual: saldo de gols, gols marcados, vitórias. E aí, quem lidera? Ninguém sabe, o regulamento não prevê.

Tal indefinição criou um fenômeno curioso na imprensa espanhola, conhecida por seu regionalismo. Enquanto o jornal Marca, da capital Madri, mostra o Atlético no primeiro lugar do Campeonato Espanhol, o Mundo Deportivo e o Sport, periódicos catalães, apontam o Barcelona à frente dos colchoneros.

É claro que, como o campeonato está apenas em seu começo, isso não deverá ser um problema lá para frente (calma, membros do STJD, não precisa ficar com esse olhar faminto). Entretanto, se ao final do torneio as equipes empatarem os dois duelos que têm a fazer e estiverem iguais como agora, a liga pega emprestado um regulamento estabelecido para a federação e dá a vantagem ao time com menos cartões. E, para uma liga tão rica e assistida quanto a espanhola, é constrangedor não saber quem é o líder após quatro rodadas e correr o risco de decidir nos cartões.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo