Espanha

Presidente do Real Madrid se desculpa por críticas a jogadores

Ramón Calderón, presidente do Real Madrid reuniu-se nesta quarta-feira com os jogadores para explicar algumas declarações polêmicas dadas alguns dias antes, durante uma conferência no Centro Universitario Villanueva. Segundo a rádio Marca, o dirigente ouviu diversas reclamações dos jogadores.

“Você está conosco ou não?”, “Deve-se dizer as coisas na cara” e “Basta de soltar merda por essa boca” foram alguns dos comentários ditos pelos jogadores a Calderón, de acordo com a rádio Marca. Ele pediu desculpas aos atletas por suas declarações.

Calderón havia dito no encontro com os universitários que Guti era uma ‘eterna promessa’, acusou o ex-presidente Florentino Pérez de prejudicar a contratação de Kaká e criticou a personalidade dos jogadores em geral.

Fabio Capello e Predrag Mijatovic, diretor esportivo do clube, também estiveram presentes à reunião com o elenco. “O presidente se encontrou com os jogadores e este era um tema que precisava ser explicado”, afirmou o treinador.

O técnico também aproveitou a ocasião e pediu desculpas a Emerson por tê-lo relacionado para ficar no banco de reservas na partida contra o Zaragoza, no último domingo. O volante está machucado e não tem condições de jogo. “Emerson se machucou no treino do último sábado e não podíamos ter 18 jogadores na equipe devido a outros problemas de lesão. Peço desculpas a ele, pois me esqueci disso”, disse Capello.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo