Espanha

Por que o Real Madrid precisa de Xabi Alonso?

O Real Madrid foi o protagonista do mercado de verão no futebol europeu. Até agora, já gastou € 219 milhões em reforços, entre eles o meia brasileiro Kaká e o atacante português Cristiano Ronaldo – os dois últimos melhores jogadores do mundo eleitos pela Fifa. No entanto, mesmo com toda essa dinheirama derramada, a equipe ainda não é colocada entre as mais fortes da Europa. Para isso, provavelmente terá que gastar mais € 35 milhões.

Esse é o preço que o Liverpool exige para liberar o volante da seleção espanhola Xabi Alonso para o Santiago Bernabéu. O valor subiria para € 40 milhões com algumas cláusulas de rendimento, de qualquer modo, o negócio está emperrado. Florentino Pérez, avesso a defensores, reluta em gastar mais um pouquinho. Mas por que o Real Madrid precisa de Xabi Alonso?

Hoje, no elenco merengue, o técnico Manuel Pellegrini conta com somente três volantes: Lassana Diarra, Fernando Gago e Esteban Granero – Mahamadou Diarra não conta, porque ainda estará fora por mais um bom tempo devido à lesão no joelho direito. Guti é outra opção para o setor.

Dentre todos, Lass Diarra é o único com real capacidade defensiva. Aos 24 anos, este francês, procedente do Portsmouth na temporada passada, marca muito. Ele é o maior responsável pela marcação no meio-campo madridista, o cão de guarda do setor.

Já o argentino Gago também auxilia na marcação, mas tem muito mais qualidade na saída de bola. Por mais que tenha conquistado a titularidade, ainda não conseguiu convencer a todos que merece a posição sem contestações. Por fim, Granero, além de ser o mais jovem de todos, com 22 anos, é uma aposta dos madridistas. Após deixar o clube sem muitas chances, foi bem no Getafe e agora retorna para brigar pelo espaço perdido.

Assim, Pellegrini precisa de mais opções para o setor. Ainda mais em um time onde ele precisará escalar Kaká, Cristiano Ronaldo, Raul e Benzema. Por isso a chegada de Xabi Alonso, 28 anos, é fundamental.

O volante do Liverpool é extremamente eficiente na marcação, experiente e ainda tem habilidade suficiente para criar jogadas. Pela seleção, faz essa tarefa ao lado de Marcos Senna muito bem. No Real, ao lado de Lass Diarra, tem tudo para formar uma das melhores duplas de volante do mundo – até porque serão muito exigidos.

Fora a questão técnica e tática, há ainda a “espanholização” que Florentino quer promover no clube. Da terra chegaram apenas Granero, Albiol e Arbeloa, mas nenhum dos dois teria as condições de Xabi Alonso, que também poderia ser enquadrado como uma espécie de contratação galáctica – principalmente pelos valores envolvidos. Seria uma forma, também, de o Real reparar o erro cometido em 2004, quando Alonso defendia a Real Sociedad e também esteve próximo de se tornar jogador blanco.

O negócio deve se arrastar por mais alguns dias. O próprio jogador já manifestou seu desejo à diretoria dos Reds e ao treinador Rafa Benítez. No entanto, o Real ainda não se manifestou ($$$) como deveria. Ao que parece, o velho ranço de Florentino em gastar milhões com defensores permanece intacto.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo