Espanha

‘Ninguém nasce racista’: Nico Williams fala sobre racismo na Espanha

Em longa entrevista concedida ao As, Nico Williams sai em defesa de Vinicius Júnior e revela também já ter sido vítima de racismo no futebol espanhol

Nico Williams, do Athletic Bilbao, concedeu uma extensa entrevista ao jornal As e abordou diversos temas. Entre eles, os casos de racismo sofrido por Vinicius Júnior, atacante do Real Madrid, em jogos de LaLiga. O camisa 11 espanhol saiu em defesa do brasileiro, repreendeu tais insultos e revelou também já ter sido vítima do mesmo problema.

– Insultam-no porquê é um grande jogador (Vinicius Júnior) e por ser negro. Está muito errado, e essas coisas precisam acabar. No futebol você vai para desfrutar, não para insultar -, disse Nico antes de admitir já ter sido vítima de racismo:

– Sim, é verdade que me insultam. Insisto que, no futebol, é preciso ir para se divertir.

Vale lembrar que no último dia 11 de março, a La Liga apresentou, em palestra realizada na sede da Câmara Espanhola de Comércio, em São Paulo, algumas medidas para combater o racismo nos jogos de futebol promovidos pela entidade. Uma das ações é a criação do aplicativo La Liga vs Racismo, que já está disponível na atual temporada.

O app fornece informações sobre as competências da instituição e como ajudar a combater o racismo no futebol espanhol. Algumas outras iniciativas são a veiculação de campanhas de conscientização nas redes sociais e em jogos de videogame. Além de cartazes e adesivos espalhados nos estádios da competição e braçadeiras de capitão personalizadas com o dizer: “La Liga vs Racismo”.

O atual momento da Seleção Espanhola e as chances da Fúria na Eurocopa

Na última sexta-feira (22), a seleção espanhola foi derrotada pela Colômbia, por 1 a 0, em amistoso realizado no Estádio Olímpico de Londres. Perguntado sobre o desempenho da Fúria na partida, Nico Williams pontuou que a equipe não ficou satisfeita com o resultado e muitas coisas precisam melhorar. Em contrapartida, citou aspectos positivos do time e ressaltou a importância de amistosos para a preparação do plantel visando competições como a Eurocopa.

— A Colômbia é uma seleção que está em grande forma e dificultou muito as coisas para nós. Não estamos satisfeitos com o resultado, mas esses tipos de jogos também nos ajudam a aprender e a experimentar coisas de olho na Eurocopa. Independentemente do resultado, houve coisas positivas em Londres. Três companheiros estrearam pela seleção principal e a competição está aumentando, o que é ótimo para o grupo. Ninguém pode relaxar, estar com a Espanha é muito complicado.

Muito se fala na imprensa espanhola sobre as chances de La Roja chegar longe na Eurocopa deste ano. Nico Williams, por sua vez, adota um discurso modesto e de ‘pés no chão'. O atacante do Athletic Bilbao elogiou o potencial do plantel da Fúria, mas afirmou que “só o futuro dirá” até aonde esse elenco pode chegar na competição.

— A Espanha tem um bom grupo com uma boa combinação de jovens e veteranos, mas só o futuro dirá o que podemos alcançar. Vamos trabalhar para que a torcida e o país tenham orgulho do time. Espero que possamos estar no topo e que possamos vencer a Eurocopa.

Nico Williams está feliz no Bilbao?

Em dezembro do ano passado, Nico Williams renovou o contrato com o Athletic Bilbao até 2027. E apesar do forte interesse de diversos clubes europeus em sua contratação, o jovem atacante de 21 anos se mostrou feliz e realizado no clube do País Basco, onde atua ao lado de seu irmão mais velho, Iñaki Williams.

— Muito, é claro. Estou muito feliz por continuar no Athletic e por brincar com meu irmão, com quem brinco desde criança no parque. É bom que outras equipes te queiram porque significa que te valorizam, mas estou muito feliz no Athletic e por isso renovei por três anos.

Com 56 pontos conquistados, o Bilbao ocupa a quarta colocação de LaLiga. Mais do que isso, a equipe basca eliminou o Atlético de Madrid recentemente e garantiu vaga na grande decisão da Copa do Rei. Quando questionado sobre qual objetivo (vaga na Champions League ou vencer a Copa do Rei) está mais próximo, Nico Williams não titubeou: ele quer as duas coisas e vê o Athletic com totais condições de alcançá-las.

— Ambas as coisas. Somos uma equipe ambiciosa e ambicionamos alcançar ambos os objetivos, mas sabemos que não será fácil. Na Liga ainda há jogos complicados, e quanto à final da Copa frente ao Mallorca, é uma equipe que acaba de eliminar o Girona e a Real Sociedad, duas das melhores equipes do campeonato. Essa final será muito difícil, muito disputada. Eles têm um grande treinador, como Aguirre. Ele é sempre carinhoso e atencioso conosco.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo