Espanha

Mourinho: “Não quero ser desses que largam o futebol, mas vivem criticando”

Em análise sobre sua carreira, José Mourinho declarou que ainda se vê à beira dos gramados por mais vinte anos. Em entrevista à Audi Magazine, o português revelou que não se vê em outra função no futebol além de treinador, prometendo se afastar do esporte em definitivo quando se aposentar.

“Dentro de vinte anos me vejo na reta final da minha carreira. Penso em encerrá-la entre os 65 e os 70 anos de idade e a única coisa que espero é estar orgulhoso de minha carreira. O futebol continuará sendo parte da minha vida até o dia que eu me aposentar e, então, terá acabado para mim. Não serei dessas pessoas que deixam de treinar, mas não conseguem viver tranquilos, sem criticar”, disse.

Poupando a modéstia, o técnico aproveitou para afirmar seus predicados no comando de uma equipe: “Falar de você mesmo não é fácil, porque sempre corre o risco de te considerarem vaidoso. Porém, posso me considerar, pelo que já consegui de um modo muito pragmático, um grande treinador”.

Falando sobre o sucesso em diferentes países, Mourinho afirmou que prefere comandar times fora de Portugal: “Creio que é mais fácil trabalhar fora de seu país e ter a capacidade de adaptar-se a diferentes culturas, objetivos e modos de viver e pensar o futebol”.

Por fim, Mourinho também falou de sua postura quanto os títulos conquistados: “Penso que não vale a pena comemorar um título, porque voltaremos a conquistá-lo. Estou em um momento de maior maturidade e sou menos egoísta neste sentido. Prefiro ver os outros desfrutarem e dar minha contribuição”.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo