Espanha

Mesmo na banheira, Ronaldinho Gaúcho deu um show de futsal contra time de Scholes

Dando sequência a sua nova carreira de Harlem Globetrotter solitário, Ronaldinho Gaúcho levou seus truques à Índia. Tornou-se uma das estrelas da Superliga Indiana de Futsal, evento parecido com seu correspondente no futebol. O melhor jogador do mundo duas vezes seguida, com a camisa do Goa, enfrentou o Bengaluru, de Paul Scholes, e simplesmente deu um show: marcou cinco vezes na vitória por 7 a 2. Um deles de maneira espetacular.

LEIA MAIS: Assistência, gol perdido e recebimiento: a noite mágica de Ronaldinho pelo Barcelona-EQU

Vamos às regras da Superliga Indiana de Futsal, segundo Falcão – o do futsal, claro, mas entre tantas estrelas aposentadas, vai saber? -, uma das primeiras estrelas a serem contratadas. Segundo ele, cada time tem quatro jogadores de futsal, três indianos, uma lenda do futebol e um jogador freestyle. Em quadra, sempre tem que ter dois jogadores de futsal, um indiano e uma lenda ou um freestyle.

Sim, é uma grande festa, mas os placares não são sempre tão elásticos. E Ronaldinho enfrenta jogadores profissionais de futsal, alguns entre os melhores do mundo, e outros ex-jogadores muito bons, como Giggs, Crespo e Deco. Nenhum do nível dele, é verdade.

E mesmo meio preguiçoso, na banheira o tempo todo, ele nos lembra do tamanho da qualidade que tem com a bola nos pés.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo