EspanhaLa Liga

La Liga terá a rodada final mais emocionante entre as grandes

La Liga irá para sua última rodada sem título por definir, mas com várias emoções reservadas. O possível recorde de pontos do Barcelona é um objetivo à parte dentro do conflito de interesses que deve acontecer. Clubes que brigam pela última vaga na Liga dos Campeões, pela última vaga na Liga Europa e contra o rebaixamento se cruzarão, prometendo seis “decisões” para o próximo final de semana.

A maior batalha deverá acontecer no Estádio Riazor. O Deportivo de La Coruña passou boa parte da competição na zona de rebaixamento. Escapou com uma arrancada inacreditável entre março e abril, mas voltou a perder forças. Está um ponto acima de Celta e Zaragoza, dois do Mallorca. Se não quiser contar com a sorte, precisa fazer sua parte contra a Real Sociedad.

Já os bascos sonham com a volta à Liga dos Campeões após nove anos. A Real tinha totais condições de assegurar a posição, ao manter sequência invicta de 15 jogos. Mas começou a tropeçar justamente na reta final e, mesmo tendo arrancado o empate por 3 a 3 contra o Real Madrid nos acréscimos, perdeu o quarto lugar para o Valencia. Precisa vencer e torcer por um tropeço dos Ches.

O Valencia, por sua vez, só depende de si. Se empatar em pontos com a Real Sociedad, perde no critério de desempate. Mas também não terá vida fácil. A equipe do artilheiro Roberto Soldado, em sua melhor temporada em La Liga, visita o Sevilla no Estádio Ramón Sánchez-Pizjuán. Os andaluzes que, diante das punições aplicadas pela Uefa sobre o Málaga e o Rayo Vallecano, ainda sonham com a Liga Europa.

Com 47 pontos, o Sevilla é o mais próximo de se juntar ao Betis na competição continental. Empatado na tabela, o Getafe tem desvantagem no confronto direto, mas segue com chances ao pegar o Granada. E o Levante, mesmo sem tantas esperanças, segue vivo graças à matemática, precisando bater o Betis e torcer ao menos por um empate dos dois a sua frente.

No fim das contas, nove clubes tem um interesse real na tabela de classificação durante a última rodada. Mais do que em qualquer outra grande liga europeia: na França, foram oito; sete na Alemanha; quatro na Itália; e só três na Inglaterra. Sinal de que, embora não seja assim no topo, La Liga foi a mais parelha entre aqueles que não sonhavam com a taça.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo