Espanha

Iniesta dá seu próprio dinheiro para salvar o Albacete

Apesar de sua identificação com o clube, Andrés Iniesta não iniciou sua carreira no Barcelona. Nascido em Fuentealbilla, o meio-campista começou defendendo as categorias de base do Albacete, mudando-se para a Catalunha apenas aos 12 anos de idade. E, mesmo distante do antigo time há 17 anos, o manchego continua fiel as suas raízes.

Presença constante na elite do Campeonato Espanhol a partir da década de 1990, com sete participações, o Albacete está longe do primeiro nível desde 2004/05. Há duas temporadas, caiu para a terceira divisão e corria o risco de cair mais um nível, por conta de problemas financeiros. Até Iniesta aparecer para salvá-lo.

Acionista majoritário do clube desde 2011, o craque bancou os € 240 mil que o Queso Mecánico devia ao seu elenco. Somente com o débito quitado é que o clube conseguiu regularizar sua situação junto à federação, ganhando a permissão para disputar novamente a Segunda División B em 2013/14.

Nesta temporada, o Albacete foi o terceiro colocado no Grupo 4 da terceira divisão, caindo para o Real Oviedo nos playoffs de acesso – coincidentemente, outro clube que quase fechou as portas recentemente. Aclamado em todos os espanhóis por ter marcado o gol do título mundial em 2010, Iniesta precisa ser ainda mais respeitado por um gesto que, de certa forma, salva um pouco da tradição do futebol no país.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo