Espanha

Guardiola diz que entende não-liberação de Fàbregas

O técnico do Barcelona, Josep Guardiola, disse hoje que compreende a postura do Arsenal e de seu treinador, Arsène Wenger, de não querer vender o meia Cesc Fábregas, e afirmou que provavelmente agiria da mesma maneira em uma circunstância similar.

“Entendo perfeitamente o Arsenal e Wenger por não deixarem Fábregas sair, eu provavelmente faria o mesmo”, declarou Guardiola, em Pequim, onde o Barcelona venceu neste domingo o Beijing Guoan por 3 a 0, em amistoso. “Desejo a Fábregas que siga aproveitando o futebol em um torneio tão bom como é o Campeonato Inglês”, acrescentou o técnico.

Guardiola evitou se pronunciar sobre possíveis contratações como alternativas ao capitão do Arsenal: “o mercado está aberto até o final do mês. Olharemos o que há, não temos pressa. Há as duas opções, pode vir alguém ou não vir”.

Também em Pequim, o vice-presidente esportivo do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, afirmou ontem que a prioridade é passar a “olhar primeiro para casa”, em referência aos jogadores formados nas categorias de base. (EFE)

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo