EspanhaLa Liga

Griezmann só precisou de 35 segundos para salvar o Atlético de um tropeço fatal

Na corrida de três cabeças que foi aberta no Campeonato Espanhol, qualquer tropeço pode ser fatal. Mesmo assim, Diego Simeone arriscou e poupou jogadores importantes do Atlético de Madrid para a partida contra o Rayo Vallecano. Mas, na hora de a onça beber água, colocou suas feras em campo, e elas só precisaram de 35 segundos para construir a magra vitória por 1 a 0.

LEIA MAIS: O time de Simeone seria chamado de entediante na Premier League?

Griezmann entrou em campo aos 9 minutos do segundo tempo, e aos 9min35s, a bola chutada pelo francês da entrada da área, após lançamento de Koke, que havia sido introduzido por Simeone no intervalo, entrou nas redes do goleiro Juan Carlos. Fez seu 21º gol no Campeonato Espanhol e o 30º na temporada.

Agora, o Atlético tem 85 pontos, um a mais que o Real Madrid. Ainda pode ser alcançado pelo Barcelona, que joga neste sábado. Mas as atenções já estão voltadas para o jogo de volta contra o Bayern de Munique, na terça-feira, com os principais jogadores descansados. A estratégia de Simeone funcionou.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo