EspanhaLa Liga

Goleada leva Barça à sua melhor campanha da história

Há pouco tempo, o Barcelona era cantado em verso e prosa como um dos melhores times de todos os tempos. Não por acaso. Entre as muitas marcas que o time conseguiu, mais uma foi alcançada neste sábado. Na última rodada do Campeonato Espanhol, o Barcelona venceu o Málaga por 4 a 1, chegou a 100 pontos em 38 partidas e faz a sua melhor campanha na história da liga.

O recorde anterior foi na temporada 2009/10, ainda com o técnico Pep Guardiola, quando o time fez 99 pontos. Com esse recorde, o time iguala a marca do Real Madrid, que chegou a essa pontuação na temporada 2011/12. A atual temporada pode não ter sido brilhante como era sob o comando de Pep, mas o time conseguiu uma eficiência grande em campo na liga e fez valer a sua força diante dos times pequenos. Lionel Messi conseguiu o recorde de marcar gols em 19 rodadas consecutivas, um turno inteiro fazendo gols. Fez 46 gols, artilheiro absoluto da liga.

O time conseguiu outra marca. Com os quatro gols marcados, chegou a 115 no Campeonato Espanhol, maior marca de todos os tempos da equipe. O recorde anterior era da temporada 2011/12, quando fez 114. O recorde de mais gols em uma temporada ainda é do Real Madrid, em 2011/12, com 121. Também impôs a maior diferença da história em relação ao segundo colocado, 15 pontos (100 pontos contra 85 do Real Madrid).

Mesmo com tantos números incríveis, a sensação é que o Barça jogou menos futebol que nas temporadas anteriores. A eficiência demonstrada na liga não foi vista nos grandes jogos do time, que chegou a perder dos reservas do Real Madrid no segundo turno e foi eliminado da Liga dos Campeões com duas pauladas do Bayern Munique. Na Copa, viu o rival Real Madrid sambar em pleno Camp Nou. Talvez isso explique, em parte, a sensação de que o time ficou abaixo do que o esperado.

Homenagens a Abidal

Abidal começou a partida no banco e entrou aos 30 minutos do segundo tempo. Foi ovacionado pela torcida. Depois do jogo, o clube fez homenagens ao jogador. Todos os companheiros de time vestiram a camiseta “Merci Abidal” (“Obrigado, Abidal”, em francês). O clube fez questão de mostrar gratidão ao francês, que, aos 33 anos, quer jogar ao menos mais uma temporada e vai procurar um novo time para defender.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo