Champions LeagueEspanhaEuropaInglaterra

Ferguson: “Estamos felizes com o resultado"

Empatar fora de casa com o Real Madrid por 1 a 1 foi considerado um bom resultado pelo técnico do Manchester United, Sir Alex Ferguson. Para o treinador, o jogo foi equilibrado, mas o Real Madrid teve mais a bola e esteve mais no ataque. Mesmo assim, o escocês diz que o United teve boas chances.

“Houve chances dos dois lados. David De Gea fez três ou quatro defesas fanásticas, mas nós perdemos algumas boas chances”, disse. “O goleiro deles fez uma defesa realmente muito boa no último minuto e uma boa defesa em um chute de Van Persie que foi na trave. Foi um jogo realmente interessante”, analisou o escocês.

“O decepcionante para mim foi que, no primeiro tempo, nos os assistimos. Eles jogaram muito nas imediações da nossa área. Isso não é saudável. Não é bom assistir e não é o que fazemos”, criticou o técnico.

Ferguson explicou que a mudança do jogo foi quando mudou Danny Welbeck de posição. “Nós mudamos isso quando colocamos Danny Welbeck contra [Xabi] Alonso e isso fez uma grande diferença. Nós tivemos um bom começo no segundo tempo”, disse.

“No geral, criamos muitas chances na partida e jogamos um bom futebol ofensivo em alguns momentos, mas nós não tivemos a posse de bola que deveríamos ter. Eu acho que eles ve

nceram a posse de bola, sem dúvida”, explicou Ferguson. “Mas eles estão em casa, é um lugar difícil para vir e nós estamos satisfeitos com o resultado, que nos leva a Old Trafford com uma grande chance”, analisou ainda o treinador.

Elogios ao gol de Cristiano Ronaldo

“Que cabeçada”, disse Ferguson sobre o gol do seu ex-jogador. “Inacreditável. Você não consegue parar isso. Eu fui para o intervalo e perguntei porque ele não tentou subir com ele, mas quando eu vi o replay eu percebi do que estávamos falando”, elogiou o treinador dos Red Devils.

“Talvez tenha sido difícil para Cristiano jogar contra nós, seu ex-time, porque havia muita emoção envolvida e ele esteve conosco por seis anos. Mas ele ainda é a maior ameaça deles. Quando ele pega a bola, você fica rezando para não dar em nada”, revelou o escocês.

Confronto aberto

Apesar de ter gostado do resultado, o técnico deixou claro que o duelo com o Real Madrid está longe de estar decidido. “Está muito aberto. Eu acho que nós iremos marcar algum gol em Old Trafford. Mas nós sabemos que eles terão um tremendo contra-ataque, então nós teremos um grande trabalho em nossas mãos. Mas é definitivamente está definitivamente ao nosso alcance”, disse.

zp8497586rq

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo