Espanha

Desfalcado, Real Madrid encara o Sporting de Gijón

O Campeonato Espanhol parece estar nas mãos do Barcelona, mas o Real Madrid entrará em campo neste sábado para tentar evitar que os rivais se distanciem na tabela e manter a briga pelo título acesa. O time recebe o Sporting de Gijón (15º, 32 pontos) e precisa vencer para, ao menos, manter a diferença em relação ao Barcelona em cinco pontos.

O problema será que o técnico José Mourinho terá ao menos três desfalques em relação ao time que vem atuando com regularidade: o lateral Marcelo, o meia-atacante Cristiano Ronaldo e o atacante Karim Benzema, todos machucados. “Eles poderão jogar apenas contra o [Athletic] Bilbao”, disse Mourinho em coletiva, referindo-se à partida contra o time basco, no dia 9 de abril.

Mourinho ainda comemorou a volta do atacante Gonzalo Higuaín. A ausência do atacante nos últimos quatro meses fez o português exigir a contratação de um atacante, o que culminou na chegada de Emmanuel Adebayor. “Nem nas previsões mais otimistas nós esperávamos o seu retorno tão cedo”, disse o técnico. “Foi uma surpresa positiva já que teremos algo como 15 jogos daqui até o final da temporada e tê-lo disponível é importante”.

Com nove rodadas a serem disputadas, o Real Madrid torce contra o Barcelona, que terá um desafio, também n o sábado: enfrentar o Villarreal em pleno estádio El Madrigal. O Submarino Amarillo está em terceiro lugar, liderando o campeonato “do resto” com 54 pontos.

O artilheiro do Campeonato Espanhol, Lionel Messi, foi dúvida durante a semana para a partida deste sábado do Barcelona, mas o técnico José Mourinho conta com o atacante para a partida. “A boa notícia é que ele não está machucado”, afirmou, em coletiva, o treinador.

Se Messi poderá estar em campo, Xavi Hernández ficará fora. O meio-campista Andrés Iniesta deve assumir o papel de dar o ritmo de jogo ao time. Os atacante Pedro e Bojan Krkic estão recuperados de lesão, mas a escalação de ambos será definida por Pep Guardiola.

As ausências no Barcelona não os farão mais fracos, ao menos para o técnico Juan Carlos Garrido, do Villarreal. “Eles são um time que sabe defender muito bem e não será uma supresa se jogadores como [Seydou] Keita ou [Javier] Mascherano jogarem”, disse o treinador na coletiva de imprensa. “Para vencê-los, nós teremos que fazer o nosso melhor trabalho possível”, disse.

O quarto colocado, Valencia, terá pela frente o Getafe (13º, 34 pontos). Com o mesmo número de pontos do Villarreal, os Ches tentam uma vitória que lhes dá novamente a terceira posição – que garante vaga direta à Liga dos Campeões, sem precisar passar pela fase preliminar.

O Atlético de Madrid (8º, 39) terá pela frente o Osasuna (10º, 35) e precisa vencer para continuar sonhando com vaga em competições europeias. Com a briga pela Liga dos Campeões distante, o time da capital tenta ao menos uma vaga para a Liga Europa.

“Temos que ir com todas nossas armas e tenter ganhar os três pontos para garantir um lugar na Europa”, disse José Antonio Reyes, que deve atuar no lugar de Sergio Aguero no domingo.

Confira os jogos da 30ª rodada do Campeonato Espanhol:

Sábado, 2/abril
Real Madrid x Sporting de Gijón
Getafe x Valencia
Villarreal x Barcelona

Domingo, 3/abril
Deportivo x Mallorca
Espanyol x Racing de Santander
Levante x Málaga
Real Sociedad x Hércules
Sevilla x Zaragoza
Osasuna x Atlético de Madrid

Segunda, 4/abril
Almería x Athletic Bilbao

Confira a classificação e próximos jogos do Campeonato Espanhol.
 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo