Espanha

Contra o Valencia, Real Madrid abre semana decisiva

O Real Madrid terá pela frente uma seqüência decisiva de jogos nesta semana. Nesta quarta-feira, os Merengues começam a maratona fora de casa contra o Valencia, pela décima rodada da Liga Espanhola. Após o rival direto na luta pelo título nacional, virá outro duro desafio: o Sevilla, também longe do Santiago Bernabéu. Isso sem levar em conta o duelo da próxima quarta-feira contra o Olympiacos, na Grécia, pela Liga dos Campeões. Com tantos confrontos decisivos do clube blanco, o Barcelona, que enfrenta o Valladollid, torce contra o rival para ter chances de assumir a ponta.

No Mestalla, o Valencia (4°, 18 pontos) enfrenta o líder Real Madrid (22) e terá a chance de diminuir a distância para os Merengues. Os Ches chegam para o confronto abalados pela saída de Quique Sánchez Flores. O treinador deixou o clube após a derrota por 3 a 0 para o Sevilla no domingo. Óscar Fernandez, o substituto, comandará uma equipe repleta de problemas. Cañizares, Baraja, Edu, Villa, Marchena e Fernandes, machucados, estão fora. Jaime Gavilán e Vicente Rodríguez brigam por uma vaga na lateral-esquerda.

O Real Madrid vive uma situação bem diferente. Embora não faça atuações convincentes, o time segue na ponta e tem a chance de abrir distância para um concorrente direto ao título. O técnico Bernd Schuster terá o retorno de Cannavaro, Heinze e Diarra, recuperados de contusão. Pepe ainda não está em suas melhores condições físicas e desfalca a equipe mais uma vez. Higuaín, com uma contratura muscular, e Robben também não entram em campo.

Para manter sua ascensão na tabela, o Atlético de Madrid (5°, 17 pontos) recebe o Sevilla (10°, 12). Os Colchoneros estão invictos nesta temporada no Vicente Calderón e, com um triunfo, sonham em entrar na zona de classificação da Liga dos Campeões. Pablo Ibáñez, machucado, desfalca os donos da casa, mas Seitaridis estará de volta à equipe. Os rojiblancos não contarão com Kanouté, com problemas musculares. O técnico Manuel Jiménez, substituto de Juande Ramos, escalará Kerzhakov no ataque.

O Villarreal (3°, 18 pontos) terá uma boa oportunidade para se recuperar da goleada por 4 a 1 sofrida para o Zaragoza na rodada anterior. O Submarino Amarelo enfrenta em casa o lanterna Levante (um). Guille Franco se livrou de dores no tornozelo e pode jogar. Já Santi Cazorla, que recebeu uma forte entrada no tornozelo, deve ser poupado.

Na quinta-feira, o Barcelona (2°, 20 pontos) visita o Valladollid (18°, seis), que só ganhou um jogo até agora – a estréia na Liga. O time, recém-promovido à primeira divisão, empatou duas vezes em casa, em teoria uma boa notícia para o time catalão. Eric Abidal não participou dos últimos treinos do Barça, mas deve ter condições de jogar. Caso seja vetado, ele deve ser substituído por Sylvinho.

Veja os jogos deste meio de semana pela décima rodada da Liga Espanhola:

Quarta, 31/outubro
Almería x Zaragoza (19:30, ESPN Internacional, VT)
Deportivo La Coruña x Zaragoza
Getafe x Athletic Bilbao
Betis x Osasuna
Recreativo Huelva x Racing Santander
Villarreal x Levante
Valencia x Real Madrid (18:00, Sky, canal 128)
Atlético de Madrid x Sevilla

Quinta, 1°/novembro
Espanyol x Murcia
Valladollid x Barcelona (19:00, Sky, canal 128)

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo