EspanhaLa Liga

Com Luis Suárez infernal, Barcelona apaziguou a crise detonando o Depor por 8 a 0

Não dava para negar a crise do Barcelona. As quatro derrotas nas cinco partidas anteriores custaram não apenas a permanência na Liga dos Campeões, como também a tranquilidade no Campeonato Espanhol. Para não correr o risco de perder a liderança, era preciso fazer sua parte em um dos jogos (teoricamente) mais complicados até o fim da campanha: a visita ao Deportivo de La Coruña no Estádio Riazor. Pois os blaugranas trataram de diminuir as críticas de maneira categórica. A equipe de Luis Enrique goleou o Depor por 8 a 0, em noite monstruosa de Luis Suárez. O uruguaio balançou as redes quatro vezes e ainda serviu três assistências. Individualmente, Rakitic e Messi também se sobressaíram.

Luis Suárez abriu a contagem com apenas 11 minutos, aproveitando cobrança de escanteio de Rakitic. Todavia, isso não quer dizer que o Barcelona teve vida tranquila o tempo todo. Logo na sequência, o Deportivo teve duas chances claríssimas de buscar o empate. Parou em Bravo e na própria falta de pontaria. Erros que custaram caro quando Luisito reapareceu. Após excelente troca de passes, o artilheiro ampliou a vantagem aos 24. A partir de então, o time da casa não conseguiria mais se reerguer.

O passeio se construiu principalmente no segundo tempo, quando a defesa do Deportivo terminou de se abrir ao Barça. Aos dois, Suárez serviria Rakitic e o uruguaio marcaria o quarto aos seis, aproveitando passe de Messi. Aos 14, Luisito chegaria ao quarto tento, o primeiro do clube a balançar as redes tantas vezes fora de casa por La Liga desde Patrick Kluivert, em 2002. Por fim, o camisa 9 se contentou com o papel de garçom, servindo ainda Messi e Neymar, enquanto Marc Bartra anotaria o mais bonito da noite, fazendo fila desde a zaga.

Das 16 finalizações do Barcelona, nove saíram dos pés de Luis Suárez, além de ter criado quatro chances para os seus companheiros. Ou seja, 81% dos arremates da equipe dependeram da criatividade do uruguaio. Segundo Mister Chip, esta foi a primeira vez na história do Campeonato Espanhol que um jogador combinou um “poker” de gols com uma “tripleta” de assistências. Com as marcas desta quarta, o camisa 9 chegou a 30 tentos no Espanhol (um a menos que Cristiano Ronaldo) e 15 assistências (superando as 13 de Koke e se tornando líder no quesito).

O Barcelona segue sem muitos direitos de errar, com o Atlético de Madrid e o Real Madrid ao seu encalço. De qualquer maneira, precisa dar algum grande vacilo para deixar a liderança escapar. Nas últimas quatro rodadas pega Granada e Sporting de Gijón, além do clássico contra o Espanyol, todos brigando para não cair. Os blaugranas devem encontrar um pouco mais de dificuldades diante do Betis, na Andaluzia. Embora não tenha aparecido nas últimas semanas, a fome de gols de Suárez deverá ser fundamental nesta reta decisiva.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo