Espanha

Coentrão quer sair do Real Madrid para ser titular

A passagem pelo Real Madrid poderia ter sido o ponto alto da carreira do lateral Fabio Coentrão. Estar num dos grandes clubes espanhóis é algo que qualquer atleta sonha para a sua vida, mas na prática não foi bem assim que aconteceu para o lateral-esquerdo.

Em maus lençóis, mesmo sendo um dos queridinhos de José Mourinho, Coentrão demorou demais para alcançar seu auge e no fim das contas acabou preterido pelo treinador e especialmente pela torcida. Fraco no apoio ao ataque e cometendo muitos erros quando ficava na defesa, o português revelou a Ricardo Carvalho que quer sair do Santiago Bernabéu, de acordo com o jornal português A Bola.

Foi difícil competir com Marcelo nesses três anos. Não bastasse o abismo técnico entre os dois, Coentrão não aproveitava bem as chances que tinha. Titular na seleção portuguesa, faz parecer injusto a condição de reserva, mas com essa concorrência, realmente seria difícil tomar conta da ala esquerda se o brasileiro estivesse em plena forma.

A questão que mais pesa no caso é o ego. Coentrão aceitaria ser o eterno reserva de Marcelo no Real? Não parece ser o caso, especialmente com as partidas de Mourinho para o Chelsea e Carvalho para o Monaco. Lidando com a possibilidade (remota) de Cristiano Ronaldo também sair, o lateral ficaria bem desconfortável na nova proposta de Carlo Ancelotti. Pode ser mesmo a hora de uma mudança.

Com apenas 25 anos, Fabio tem sim um bom futuro pela frente, mas precisa urgentemente se preocupar com a sua titularidade, em ganhar espaço em algum time competitivo. Ao mesmo tempo que o Real representa essa competitividade, não há muita perspectiva para que ele venha a brilhar no Bernabéu. Nesse intervalo, foi cotado no Chelsea, onde seria reserva de Ashley Cole, e no Benfica, com a concorrência direta de Melgarejo.

Coentrão tem contrato com o clube até 2017 e a sua insatisfação em Madrid não é nenhuma novidade. Ainda em maio ele expressou sua tristeza com a forma como é tratado dentro do time, sem saber ao certo a razão. “Se eles não estão felizes comigo, precisarei achar uma solução. Desde o primeiro dia sinto que não era querido aqui. Se todos querem que eu deixe o clube, tudo bem, mas não sei o que fiz de errado. Vou procurar uma solução que seja boa para mim e para o Real. Caso eu saia daqui, deixo as portas abertas para qualquer outra equipe”, declarou ao jornal O Jogo.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo