Champions LeagueEspanhaEuropa

Canales: “Nada está perdido para o Valencia”

Apesar da derrota em casa para o Paris Saint-Germain, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, Sergio Canales segue confiante na classificação do Valencia. O meio-campista concordou que o revés por 2 a 1 não foi o resultado ideal, mas espera uma postura mais incisiva de seu time em Paris para reverter a situação.

“Eles marcaram as chances que tiveram. Sabíamos das qualidades do PSG no ataque. Ainda assim, faltam 90 minutos e tentaremos pressionar mais na volta, para anotar um gol rapidamente e manter as chances vivas. Não damos nada por perdido. É um mau resultado, mas temos esperança de nos recuperar”, analisou.

Tino Costa também destacou a qualidade dos parisienses, inclusive de Lucas: “Encontramos uma equipe sólida na defesa, que esperou sua oportunidade. Cometemos muitos erros e estávamos avisados dos contra-ataques, mas são jogadores de qualidade. Lucas, por exemplo, passou por vários de nós no segundo gol”.

Já o técnico Ernesto Valverde não aprovou a postura de seu time: “Eles estiveram muito fortes, cada contra-ataque levava muito perigo. A verdade é que relaxamos demais, perdemos muitas chances e, assim, a balança se desequilibrou. Marcamos um gol e temos certas opções. Estávamos tentando, mas é preciso ter em conta que eles têm jogadores extraordinários”.

Para se classificar, o Valencia precisa vencer por dois gols de diferença em Paris ou por um gol de diferença, caso balancem as redes três ou mais vezes. Placar de 2 a 1 para os Ches leva o jogo para a prorrogação. O reencontro acontece no dia 6 de março, no Parc des Princes.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo