Espanha

Busquets admira Casemiro: “Se não é o melhor, está entre os melhores (da posição)”

É semana de clássico no Santiago Bernabéu, com o Barcelona em ótima forma tentando se aproximar um pouco do Real Madrid

Sergio Busquets não segurou os elogios ao ser questionado sobre o brasileiro Casemiro, seu colega de posição, e também exaltou o seu técnico, Xavi Hernández, por resgatar o estilo de jogo pelo qual o Barcelona ficou tão conhecido, na semana que terminará com o grande clássico contra o Real Madrid no Santiago Bernabéu.

“Se não for o melhor (da posição), está entre os melhores. Basta ver os jogos e sua trajetória. Nós que jogamos nessa posição não somos os mais vistosos. No fim, você se fixa em gols e assistências. Nossa tarefa é importante. Estamos no meio do time, controlando tudo e organizando. Eu o admiro, de verdade”, disse, segundo o AS.

O Barça está invicto há dez partidas por todas as competições, com sete vitórias – e marcando quatro vezes em cinco dessas vitórias. Foi o bastante para chegar às oitavas de final da Liga Europa e assumir o terceiro lugar do Campeonato Espanhol, com um jogo a menos em relação aos principais adversários.

No entanto, alcançar o Real Madrid ainda parece impossível. O time de Carlo Ancelotti lidera La Liga com 66 pontos. Se o Barcelona ganhar o clássico, e o jogo que tem a menos, ainda ficaria a nove pontos do grande rival. De qualquer maneira, a evolução anima Busquets.

“Está sendo tudo diferente. A autoestima, o estado de ânimo, a confiança… Chegou um treinador novo que fez várias mudanças e trouxe sua filosofia. Os (jogadores) novos estão entendendo pouco a pouco. Somos um time mais completo. Ainda nos falta muito, mas este é o caminho”, disse.

“O estilo que ele viveu como jogador e agora aplica como treinador. Não foi fácil quando chegou porque poucos jogadores aqui viveram este estilo. Tivemos que insistir muito. Pouco a pouco, colhemos os frutos. Quando ganhamos e desfrutamos jogando no ataque e na defesa, a equipe acredita na ideia, no treinador e em si mesma”, completou.

O Real Madrid chegará ao clássico empolgado pela grande virada contra o PSG, com três gols de Karim Benzema, confirmado por Busquets como o jogador mais decisivo da Espanha. “Com certeza que sim. Estatisticamente, gols, confiança. Ele se destaca muito em sua equipe. Para eles, é um luxo tê-lo”, encerrou.

Um dos jogadores mais experientes do elenco, e capitão do Barcelona, Busquets, 33 anos, não jogou nesta temporada apenas quando estava suspenso por cartões amarelos.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo