Espanha

Barcelona: A volta de um ídolo de casa

O jovem Lionel Messi é o mais querido pela torcida em um quarteto fantástico de craques por seu amor ao clube

Por Airton Pimentel Junior

O Barcelona, assim como todo clube no mundo, e possui ídolos que marcam sua história, deixam saudades, fazem torcedores se emocionarem ainda com o passado que abrilhanta suas mentes.

O clube catalão tem muitos ídolos no passado, e alguns no presente, casos de Ronaldinho, o luminar maior, e Carles Puyol, esse por ser um jogador de casa, por sua determinação e por ser símbolo catalão. Contudo, um jovem de apenas vinte anos, emanado da Argentina, ainda novo e com problemas em seus hormônios de crescimento, hoje em dia, é o jogador que mais chama a atenção quando o Barcelona está em campo.

Mesmo vindo da Argentina, é considerado um jogador da casa e que joga com muito amor pela camiseta azul e grená. Esse é Lionel Andrés Messi, o novo xodó catalão e aspirante a ídolo — isso é bom para os catalães, que o ponderaram como de casa, e faz tempo que os torcedores azul e grená não veem um jogador assim desde suas “canteras”.

Lio Messi vem ascendendo como jogador e encantando cada vez mais o mundo do futebol – vide seus gols magníficos de temporada passada, o hat-trick no superclássico entre Barcelona x Real Madrid –, e foi um dos artilheiros do clube, mesmo ficando três meses fora dos gramados.

Muitos clubes europeus demonstram interesse no garoto, principalmente Massimo Moratti, dono da Internazionale, que tem como sonho de consumo o menino Messi em seu time. Todavia, o jogador e o Barcelona não querem que isso aconteça, e sim que Messi perdure por longos anos no Barcelona, quem sabe a vida toda, e que siga exemplos de poucos jogadores que isso praticaram. Messi é um dos poucos que ainda joga com amor à camisa do clube que o criou — o próprio jogador disse isso, em entrevistas.

Ao que tudo indica, pelo amor de Messi ao clube, e os serviços prestados, e com seu bom futebol, categórico, veloz, astuto e intenso, Messi tem muitas chances de ser um dos maiores ídolos do grande Barcelona. Um clube que carrega consigo um peso estratosférico em questão de ídolos e jogadores que abalizaram a história no clube.

Por fim, do “quarteto fantástico”, Messi é o único incondicional, intocável, pelo menos para a torcida. Isso comprova o carisma que ele já tem, mas também sua competência técnica e qualidade. Em anos, ele tem tudo para ser um dos maiores ídolos do Barcelona. Apoio da torcida ele já tem, basta permanecer trabalhando e ao lado do clube apoderar-se de títulos, sendo que, nessa temporada, Lio Messi pode ser o principal jogador do clube. Essa é uma importância que ele pode carregar consigo, pois, mesmo novo, tem a ajuda de vários jogadores no clube, principalmente os experientes Ronaldinho, Xavi Hernandez e Carles Puyol.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo