EspanhaLa Liga

Atleti aposta na simplicidade e no resgate à história do clube em escudo e estádio novos

O Atlético de Madrid decidiu renovar os dois principais símbolos do clube: seu escudo e seu estádio. A partir da próxima temporada, o brasão colchonero terá menos elementos do que os antigos, e, ao mesmo tempo, recuperará a tonalidade de suas duas cores e promoverá seu legado histórico. Isso tudo somando modernidade à simplicidade. Junto ao escudo, 2017/18 trará um novo lar aos madrilenhos. De Vicente Calderón, a casa da terceira força espanhola passará a se chamar Wanda Metropolitano.

VEJA TAMBÉM: Comemoração de Griezmann vira mote de divertido comercial da Puma

As novidades foram divulgadas nesta sexta-feira, no site oficial do Atleti e em evento que contou com a presença dos dirigentes, atletas dos times feminino e masculino, conselheiros, sócio-torcedores e imprensa. Conforme anunciado pelo clube, o novo distintivo é um trabalho coletivo entre o clube e o estúdio de comunicação e design gráfico Vasava. O símbolo eliminará elementos presentes nos últimos escudos, como a árvore e o urso coloridos, os quais passarão a ser desenhos subjetivos e em azul. A tonalidade dessa cor, aliás, também mudará: voltará a ser a mesma do penúltimo brasão, com um azul mais fechado, justamente para recuperar as primeiras identidades do clube.

Além disso, as listras brancas e vermelhas se tornarão mais largas. Outro detalhe são as sete estrelas, presentes desde o terceiro emblema que o Atleti teve. Elas, no entanto, se tornarão ligeiramente maiores neste novo projeto. E em termos de forma, o próprio escudo terá seu formato alterado. Não será mais quadrado em sua borda superior, e sim com uma leve ponta centralizada, bem acima de uma das estrelas. “Gostei do brasão porque ele é fiel à nossa história”, disse o capitão Gabi durante o evento de apresentação. “Será uma fonte de orgulho enorme para nós usarmos pela primeira vez um escudo novo. Seremos parte dessa grande história”.

Já em questão ao novo estádio, com parceria com a multinacional chinesa Wanda Group, os colchoneros ganharão um lar mais moderno para disputarem e assistirem às partidas da próxima temporada. Nomeado de Wanda Metropolitano, a nova casa dos madrilenhos remontará também o passado do clube no quesito estádio, já que até 1966 o chamado Estadio Metropolitano de Madrid foi palco dos jogos do Atleti. Portanto, La Peineta, como era conhecido o estádio que pode alocar 67 mil espectadores, a partir de agora tem um novo nome.

wanda1 wanda2

Mostrar mais

Nathalia Perez

Jornalista em formação trabalhando a favor de um meio esportivo mais humano. Meus heróis sempre foram jogadores de futebol, mas hoje em dia são muito mais heroínas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo