EspanhaLa Liga

Até parece fácil: Após oito rodadas em branco, Valencia voltou a vencer com um golaço coletivo

O Valencia atravessa uma crise imensa, em diferentes âmbitos. A diretoria encabeçada por Peter Lim não tem feito os investimentos prometidos, vendendo alguns dos principais talentos e repondo abaixo do nível. No final do ano, o técnico Cesare Prandelli pediu demissão e saiu atirando para todos os lados contra a gestão. Enquanto isso, os resultados em campo não aparecem. O time ficou sem vencer no Espanhol por oito rodadas, ameaçado pelo rebaixamento, e caiu na Copa do Rei engolido pelo Celta de Vigo.

Neste domingo, os Ches voltaram a vencer na Liga, depois de quase três meses em jejum. Ganharam um respiro, agora quatro pontos acima da zona de rebaixamento. E demonstraram, ao menos em um dos gols, que saber trabalhar em conjunto não é tanto o problema do elenco. O Valencia bateu o Espanyol por 2 a 1 no Mestalla, com tentos de Martín Montoya e Santi Mina. Pois o primeiro gol foi uma verdadeira pintura. Parecia até treino, com vários passes trocados de primeira ou com dois toques. Arte que os torcedores esperam que se repita mais vezes.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo